De olho no caos da suade publica do brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (539 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
De olho no caos da saúde pública no Brasil
Do Hoje em Dia - 11/03/2012
Registramos aqui a decisão da presidente Dilma Rousseff, que vai monitorar pessoalmente os principais hospitais do SistemaÚnico de Saúde, entre eles o Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Não precisava chegar a tanto, mas é muito bom saber que a presidente da República está preocupada com os detalhes do atendimentomédico de quem procura o SUS. Poderia delegar a função ao ministro da Saúde, mas, para o usuário, é uma luz no fim do túnel que pode vir a melhorar a situação e o caos diário nas portas dos 12principais hospitais públicos brasileiros estarão sendo vigiado.
Passado pouco mais de um ano da sua posse, a presidente da República tem demonstrado apreço pela coisa pública e é bom que assim seja. AUnião concentra boa parte da arrecadação pública e ela é a principal gestora dessa montanha de recursos. Há controvérsias sobre essa centralização, pois alguns governadores entendem que o bolo tributáriodeveria ser melhor dividido entre os estados e os municípios. Porém, essa é uma outra e complexa questão tributária.
O que vem ao caso aqui é o dia a dia do brasileiro, a começar pelo momento em queele procura um posto de saúde ou um atendimento de média e alta complexidade nesses hospitais que a presidente vai controlar de perto. A informação é que serão instalados monitores em seu gabinete, demodo que ela, como mulher, possa saber de todos os detalhes.
“Vou ter em meu gabinete monitores ligados a câmeras para que eu e meus assessores possamos ver como está o atendimento nos principaishospitais e como vai o andamento das grandes obras. É assim que nós mulheres gostamos de cuidar das coisas, sabendo todos os detalhes”, disse a presidenta em pronunciamento de rádio e TV.
Zelar pelospoucos recursos destinados para a saúde é um bom começo. A presidente da República teve a oportunidade, ao apagar das luzes do ano passado, de destinar mais recursos à saúde durante a votação do...
tracking img