De camisinha pode?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
De camisinha pode?
Ao se falar de adolescência, época marcada pelo boom dos hormônios , dos conflitos de valores, da mudança brusca de opinião , deve-se questionar o quehoje a mídia veicula sobre a sexualidade e o uso de preservativo (camisinha)
Quando assistimos à TV ou mesmo lemos em out doors espalhados pelas cidades, principalmente,em época de final de ano e carnaval as expressões sem camisinha não dá, ou mesmo, com camisinha pode , talvez não nos atentamos para a negatividade dessas propagandasque, n de maneira subliminar, induzem a prática sexual em qualquer fase da vida desde de que se tome as devidas precauções, nesse caso com o uso de camisinha. O que maisapavora é o fato de que nunca se fala de amor, companheirismo, cumplicidade, passa - se a tratar a sexualidade como instinto e até mesmo com sutil permissão a promiscuidade.Diante disso, devemos criar condições e oportunidades dos adolescentes experimentarem o amor, muito antes de praticarem o sexo, uma vez que a prática sexual sem ascondições físicas ou psicológicas amadurecidas podem levar o indivíduo a atitudes insólitas na fase adulta. Para isso não bastam palestras, seminários, ou sermões, adolescentenecessita de exemplos e esses devem começar da família, da escola e das autoridades competentes. Investir no desenvolvimento de valores capazes de tornar o ser humano maisamigo, responsável e prudente, sabendo discernir entre o instinto e a razão sabendo conduzir sua vida rumo a felicidade.... Afinal de contas um bom motorista não sai com seucarro sem antes constatar que os freios e o amortecedor estão em ordem, muito menos ultrapassa sem a plena visão da segurança.
Silvana de Fátima Freitas da Silva
tracking img