Dasdasd

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1510 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Is the party over? The decline of party activism and membership across the democratic world

* Esse artigo analisa o ativismo partidário nas democracias contemporâneas, com possível diminuição em seus índices.
* Testando duas hipóteses, a primeira seria a teoria ‘state capture’, em que o Estado estaria estreitando suas relações com os partidos sufocando a adesão partidária popular. Aoutra hipótese é quanto ao crescimento das formas não convencionais de participação política.
* É importante ressaltar que os partidos políticos ainda desempenham papel fundamental de governança nas democracias modernas, justificando a importância de seus estudos. Podendo enfraquecer as relações entre Estado e sociedade civil, papel dos partidos é dar sustentação a essa relação (Dalton andWattenberg, 2000; Scarrow, 1996; Webb et al., 2002).
* O autor assinala que a estreita relação entre partidos e Estado tem formado em algumas democracias, um cartel de partidos financiados pelo Estado (Detterbeck, 2005; Katz and Mair, 1995).
* Inicialmente temos que a filiação partidária esta sendo minada pela relação entre os partidos políticos e o Estado. Com inúmeras regulamentações, tornandoos voluntários partidários em burocratas do Estado, diminuindo os incentivos. A partir do momento que os partidos são financiados pelo Estado, esses não se interessam em agremiar voluntários. Em suma o Estado estaria sufocando a atividade partidária.
* Outra hipótese é que os partidos estão perdendo membros por causa das novas formas de participação política, com origem em mudanças sociais etecnológicas. O autor da exemplo de consumidores acreditam em uma participação política através de boicote de produtos.
* Em democracias industriais avançadas os indivíduos estão tendo cada vez menos tempo livre, buscando formas de participação política que exijam menos dedicação, como doar dinheiro (partidos, grupos de interesse), dando um sentimento de participação, mesmo que não de formaativa (Jordan and Maloney, 1997).
* Importante a ressaltar as formas de participação política em chats, redes sociais, blogs, campanhas online, esse tipo de participação diminui o interesse de militância, direcionando para o mundo virtual (Gibson and Ward, 2000; Oates et al., 2006).
* Tais hipóteses podem se combinar para diminuir o ativismo partidário.
* O autor aponta que para umaanalise mais completa sobre o declínio partidário, se faz necessário dados longitudinais de longo prazo.
* Os dados encontrados segundo o autor demonstram que os países que tiveram contato com o governo soviético, apresentam índices menos de ativismo civil. Os Estados Unidos lideram os índices de filiação partidária. No entanto cada país tem um tipo de atitude para filiação partidária.
* Outrahipótese para diminuição do ativismo partidário se constitui à medida que os voluntários ou filiados não desempenham papel fundamental para mobilizar eleitores, sendo que os meios de comunicação se tornam muito mais interessantes (SCARROW, 1996). O autor aponta três modelos que influenciam na filiação partidária: civic voluntarism; cognitive engagement; the social capital models.
* Segundo oautor o civic voluntarism é o modelo mais conhecido de participação política (Parry et al., 1992; Verba and Nie, 1972; Verba et al., 1978, 1995). Sendo que a participação política é determinada pelos recursos do indivíduo.
According to this model, the social status of an individual – his job, education, and income – determines to a large extent how much he participates. (1972: 13). Subsequentwork has defined these resources as ‘time, money and civic skills’ (Verba et al., 1995: 271).
* O autor pontua que os laços ideológicos entre indivíduos, partidos, instituições, também colaboram para o fortalecimento da participação política. Dessa forma o contexto político a qual o indivíduo está inserido se faz importante, visto que esse pode estimular ou não a participação política.
*...
tracking img