Das damas de caridade a mary richimond e a infância do serviço social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (560 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DO MARANHÃO
BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL
METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO

Das Damas de Caridade A Mary Richimond e a Infância do Serviço Social

CAXIAS -MA
2012

ADRIANA NATALIA LEAL OLIVEIRA
ALINE LINDOSO VASCONCELOS
ARIELI LEAL OLIVEIRA
POLIANY LUCIA DIAS DOS SANTOS SUAREZ
RAQUEL BRAGA DE OLIVEIRA

Das Damas de Caridade A Mary Richimond ea Infância do Serviço Social
Resenha apresentado á disciplina Metodologia do
Trabalho Científico, sobre a orientação da Professora Benigna, para obtenção de nota.

CAXIAS - MA
2012
Referenciabibliográfica:
ESTEVÃO, Ana Maria Ramos. O que é serviço social. 6.ed. São Paulo: Brasiliense, 2006. p.15-29.

Credenciais da autora:
Ana Maria Ramos Estevão assistente social e professora,Livre docente, aposentada da UNESP, Campus de Franca-SP. Atualmente coordenadora do curso serviço social Unifeg Guaxupé-Mg. O prazer que a proporcionou a ser assistente social e professora foi as pequenasmiséria da vida cotidiana e da condição humana.

Resumo da obra:
O assistente social vem sendo representado há muitos anos pelas damas de caridades elas faziam um trabalho de ajudar os pobres,pois os ricos tinham as suas obrigações, o trabalho dessas damas era conhecer o que se passava como os necessitados, compreender e tentar ajudá-los, então é desde o século XIX que o serviço social vemcriando seu espaço no meio das outras profissões. Com o texto podemos entender como se desenvolve uma profissão e sabemos que ela nasce quando ela é obrigatoriamente necessária e por isso o serviçosocial nasceu.

Conclusões do Autor:
De inicio, a autora explica que a burguesia, mas precisamente as “damas de caridade” praticariam o bem e resolveriam os problemas sociais através da reforma doscostumes de cada um. Para tanto, as “damas de caridade” acreditavam que a situação dos pobres era causada por eles mesmos e que apenas uns bons conselhos e uma ajuda inicial seriam o suficiente para...
tracking img