Darcy ribeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1722 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHAS
RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro; a formação e o sentido do Brasil. 2.reimp. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. 470 páginas.

Nos dias atuais, em que o discurso dominante é a globalização da economia,
numa crescente depreciação das teses do nacionalismo, chega em boa hora esta obra de Darcy Ribeiro. “O povo brasileiro” parte do questionamento do porquê o nosso País não tem dadocerto quando considerado sob a perspectiva de melhor desenvolvimento para o País e melhor qualidade de vida para o povo brasileiro. O plano da obra desdobra-se em quatro partes. Nas duas primeiras, intituladas: “Novo Mundo”e “Gestação Étnica”, há um aprofundamento nas matrizes étnicas do Novo Mundo e o processo civilizatório que estabeleceu “as bases sobre as quais se edificaria daí em diante asociedade brasileira” (p.74). Na terceira parte, trabalha-se o processo sócio-cultural ocorrido no Brasil e, na quarta parte, o autor narra os diferentes “Brasis” na história e as perspectivas do destino nacional. Darcy Ribeiro analisa os brasileiros em sua condição de povo, com ampla miscigenação, levada a efeito pela integração racial das diferentes etnias que para aqui vieram e se somaram aospovos indígenas não exterminados. Os portugueses vieram explorar a terra brasileira para tirar o máximo das riquezas dessa região. Poucas mulheres os acompanhavam em suas expedições, o que facilitou, como conseqüência, a primeira miscigenação do país: os mamelucos. Esses aprenderam com os índios a viver nas matas e a conhecer os seus recursos. Do lado dos pais, não eram reconhecidos e respeitadoscomo tendo iguais direitos aos dos portugueses. Buscando espaço próprio, os mamelucos perseguiram e aprisionaram os índios e procuraram o enriquecimento através da exploração dos minerais preciosos. Foram os responsáveis pelas Bandeiras e pelas Entradas. Os negros chegaram como escravos e eram separados dos seus grupos nativos de origem. Reunidos aos outros escravos negros, de etnias diferentesàs deles, passaram a se manifestar na linguagem do dominador comum: os portugueses.

Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v.13, n.2, p.245-249, 1996

245

Resenha

Os franceses e os holandeses assentaram-se em determinadas regiões brasileiras durante as suas invasões: no Norte, no Nordeste e no Sudeste brasileiro. No início do século XX, chegaram novos imigrantes europeus e,também, os japoneses e os árabes. Fugiam da precariedade em que se encontravam nos seus próprios países e atendiam a um programa oficial de imigração do governo brasileiro. O Brasil oferecia a esses imigrantes condições de trabalho nunca possibilitadas aos brasileiros que viviam marginalizados dos setores dinâmicos produtivos nacionais. Os imigrantes eram pessoas buscando o sucesso no seu desempenho ena melhoria de vida dos seus familiares ou dos seus patrícios. Aportaram no Brasil num momento em que uma organização de povo – os brasileiros – se construía alicerçada em bases que nenhum desses povos, isolados, puderam suplantar e dominar, num processo de assimilação e incorporação cultural. As etnias tiveram, por isso, que se adaptar às influências de todas as demais e se iniciou o processo deaculturação à nova pátria. Os imigrantes, dando lugar aos seus filhos e esses aos seus netos, se distanciaram das origens de seus antecedentes, ficando profundamente integrados à cultura brasileira. Muitos desses, hoje, não sabem a língua pátria de seus avós e não absorveram a unidade da cultura do país de seus familiares imigrantes. A herança cultural de seus avós passa a ser referência pontualsem a força que cria uma identidade própria e eles realmente se tornam brasileiros, integrando-se aos descendentes dos portugueses, dos franceses, dos holandeses, dos negros e dos índios que formavam a população nacional antes do início desse século. Apesar da análise criteriosa feita por Darcy Ribeiro do processo de miscigenação e da contribuição das diferentes etnias para a formação do povo...
tracking img