Dadaismo e surrealismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2033 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Dadaísmo

Dadaísmo

51.Placa comemorativa do
Cabaret Voltaire

Surgiu entre 1916 e 1922. 5 de Dezembro de 1916 é
a data oficial do nascimento do Dada, com a abertura do
Cabaret Voltaire.
A palavra Dada significa não só “cavalo de madeira”
ou “vertiginoso”, mas também “hotentote” (pessoa de cultura
ou inteligência limitada).
A revolta dadaísta foi uma manifestação de
repugnância,ansiedade e desespero em face de um mundo
onde “tudo funciona bem, só que as pessoas deixaram de
funcionar”, como disse o autor Hugo Ball. O Dada foi mais do
que a brincadeira grosseira com que ocasionalmente se
manifestou. Os artistas promoveram a não estética, o ilógico, a
autocontradição e o descartável.

Dadaísmo
A sua revolta uniu uma série de artistas e escritores
internacionaisoriginários de uma sólida classe média. O movimento
procurava chocar um público mais ligado a valores tradicionais e
libertar a imaginação via destruição das noções artísticas
convencionais.
Nenhuma corrente do século XX foi tão global como o Dada.
O Dada não foi um estilo nem um programa filosófico ou
estético; foi uma série e atos individuais, anárquicos, desferidos em
resposta a um mundocoletivo e terrorista. Foi uma erupção cheia de
agressividade, de ímpeto, atividade e movimento, cuja vitalidade pôs
todo o passado em questão.
O movimento tomou emprestado elementos de movimentos
artísticos antecedentes: técnicas de colagem do cubismo e a
autopublicidade do futurismo.

Dadaísmo
1.Hugo Ball

Hugo Ball tinha o objetivo
de mostrar ao mundo
que existiam pessoas
com ideaisdiferentes dos
da sociedade em geral.
O filósofo e romancista
protestou
contra
o
humilhante fato de haver
uma guerra em pleno
século XX, fazendo-o
questionar-se acerca dos
valores tradicionais.

3.Fotografia de Hugo Ball
apresentando o poema
sonoro “Elephant Caravan”.

2.HUGO BALL: Poema Karawane.

HUGO BALL

Dadaísmo

4.Man Ray, em seu estúdio, 1923

Man Ray foi umartista americano que passou a
maior parte de sua carreira em Paris, França. É descrito
simplesmente como um modernista, ofereceu uma
contribuição significativa para os movimentos dadaísta e
surrealista, embora seus laços com cada um fossem
informais. Man Ray trabalhou em três gêneros: natureza
morta, paisagem e retrato.
Mais conhecido no mundo da arte por suas
fotografias de vanguarda, Man Rayproduziu obras
importantes em uma variedade de meios de comunicação e
se considerava um pintor acima de tudo. Conhecido por seus
fotogramas, que rebatizou de “rayographs".
Manequins de alfaiate, ferros, máquinas de costura,
agulhas, alfinetes, linhas, retalhos de tecido, e outros itens
relacionados ao vestuário e costura aparecem em todas as
fases do seu trabalho. Os historiadores da artetêm também
notado semelhanças em suas colagens e técnicas de pintura
aos utilizados na confecção de vestuário.

MAN RAY

Dadaísmo
9.MAN RAY, New York, 1920
8.MAN RAY, Ema Bacia, 1926

6.MAN RAY, Objeto a ser destruído

10.MAN RAY, Enigme d'Isidore Ducasse, 1920

14.MAN RAY, Auto retrato, 1916

MAN RAY

Dadaísmo

52.TRISTAN TZARA, L'Antitête.
Le Désespéranto,1949
54.TristanTzara
53.MAN RAY,
Tristan Tzara

Foi poeta e ensaísta,
participou na fundação
do movimento
dadaísta em Zurique,
em 1916.

TRISTAN TZARA

Dadaísmo
Francis Picabia era um artista francês,
escritor e bon vivant que contribuíram para vários
movimentos da arte no século 20 e tornou-se mais
conhecido como um líder de Dada em Paris.
Francis Picabia via sua arte como uma
extensão de suavida íntima. Era um meio de
expressar seus gostos e desgostos, seus
pensamentos e sentimentos, muitas vezes sem se
preocupar em distinguir entre aqueles que eram
sérios ou banais, pública ou privada. Essa atitude
contribuiu para uma variedade nos estilos e
qualidade de seu trabalho, e ele insistiu em tal
liberdade de expressão, mesmo quando isso
significava que a maioria da população...
tracking img