Da cepal a teori da dependencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (902 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha Crítica do Texto: Da CEPAL á Teoria da Dependência

A autora, Maira Bichir, é graduada em Relações Internacionais pela UNESP, mestre e doutoranda em Ciência Política pela Unicamp. Elaintegra o grupo de pesquisa sobre o Marxismo e Pensamento Político e tem como campo de estudos o pensamento latino-americano, com especial destaque para a Teoria da Dependência.
Em sua obra “Da CEPAL áTeoria da Dependência” a qual estamos analisando, Maíra Bichir desenvolve o conceito de centro e periferia e a sua relevância nas Relações Internacionais enquanto instrumento de interpretação. Paraque esse tema seja discutido é necessário que seja abordado as concepções teóricas que tratam sobre este tema: a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) e a Teoria da Dependência.Tais perspectivas “procuram formular uma visão totalizante e sistêmica da realidade, que transcenda análises parciais e fragmentadas da América Latina, região que se constitui como objeto de estudo dasreferidas perspectivas. (BICHIR, 2009 p.22)
A CEPAL foi criada na década de 1940, em meio a um contexto de mudança entre a I e a II Guera Mundial. Ela trata a discussão centro-periferia com base emuma reflexão sobre a problemática do desenvolvimento. Essa concepção teórica foi a responsável pela emergência de tal assunto. Em suas discussões há um relevante embate com as teorias econômicasclássicas, principalmente á teoria das vantagens comparativas de David Ricardo. Tal teoria “preconizava a especialização de cada país na produção de bens que lhe fossem menos custosos e que ao mesmo tempoimplicassem em uma maior produtividade.” (BICHIR, 2009 p.22) Sendo que, nesse modelo as trocas comerciais traziam benefícios mútuos para os países negociantes, mas a América Latina era sempre vistacomo exportadora de matéria prima e alimentos e importadora de manufaturas e tecnologia, sendo este um comportamento fixo, ou seja, na teoria de Ricardo a América Latina sempre iria importar a...
tracking img