Custos logisticos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5237 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de fevereiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Custos Logísticos

1.1 – CUSTOS PARA TOMADA DE DECISÃO

Podemos conceituar MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO POR UNIDADE como sendo a diferença entre a Receita e o Custo Variável de cada produto: é o valor com que cada unidade contribui para a empresa fazer frente a seus custos fixos.

Exemplo:

|Produção |Custo Direto Variável|Custo Indireto |Custo Variável Total |Preço deVenda |Margem de Contribuição |
| |($) |Variável ($) |($) | | |
|IN |700 |80 |780 |1.550 |770 |
|FLA |1.000 |100 |1.100|2.000 |900 |
|ÇÃO |750 |90 |840 |1700 |860 |

Notamos que o produto que mais contribui por unidade para a empresa é o FLA, seguido pelo CÃO e depois pelo IN. Assim, para uma tomada de decisão visando incentivar vendas, sem dúvida a prioridade vai parao produto FLA que tem a maior margem de contribuição.

Relação Custo – Volume – Lucro
Os custos Fixos
Sabiamente, não existe custo ou despesas eternamente fixos: são, isto sim, fixos dentro de certos limites de oscilações da atividade a que se referem, sendo que após tais limites, aumentam, mas não de forma exatamente proporcional, tendendo a subir em degraus. Por exemplo:
. O custo desupervisão de uma fábrica pode manter-se constante até que ela atinja, digamos, 50% de sua capacidade; a partir daí, provavelmente, precisará um acréscimo (5,20,40%) para se conseguir um bom desempenho da função.

Logo a representação gráfica clássica feita dos custos fixos ficaria melhor se expressa de outro modo:

CustoVolume

$ $

Volume Volume
Atividade Atividade

Os custos Variáveis

Em inúmeras empresas, os únicos custos realmente variáveis no verdadeiro sentidoda palavra são as matérias-primas. Mesmo assim, pode acontecer de o grau de consumo delas, em algum tipo de empresas, não ser exatamente proporcional ao grau de produção. Por exemplo, certas indústrias têm perdas no processamento da matéria-prima que quando o volume produzido é baixo, são altas, tendendo a diminuir percentualmente quando a produção cresce.
Pode a mão-de-obra direta, noutroexemplo, crescer à medida que se produzir mais, mas não de forma exatamente proporcional, devido a produtividade que tenderia a aumentar até certo ponto, para depois começar a cair, em função do cansaço e de outros fatores.

Muitos custos variáveis também poderiam, ao invés da clássica representação gráfica abaixo à esquerda, ser apresentados como à direita:

CustoCusto
$ $

Volume Volume
Atividade Atividade

Além desse problema, háque se acrescentar ainda que, ocorrem alterações nos montantes desses custos em função de outras variáveis, além do volume. No Brasil, as variações são maiores em decorrência do preço e não propriamente do grau de atividades.

Os aumentos nos custos fixos fazem que sua reta “suba” e nos variáveis faz com que se incline para cima:

Custo

$

Volume...
tracking img