Custo diretos e indiretos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1168 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CUSTOS DIRETOS E INDIRETOS

CUSTOS DIRETOS

São os custos oriundos da mão de obra aplicada, dos materiais utilizados, dos equipamentos empregados, ou subempreiteiros contratados para os serviços da obra propriamente dita, tais como, o cimento, a areia, as horas de pedreiros, carpinteiros, ajudantes, etc., para elevação da alvenaria, para o revestimento das paredes, para execução da estruturada obra, por exemplo. Poderão incluir, ainda, os Custos Diretos, em alguns casos, o operador, o combustível, e os custos com sua manutenção e mobilização, quando são agrupados para compor os preços horários do equipamentos.
Todas estas despesas serão agrupadas e formarão as Composições de Preços Unitários, para cada tipo de serviço.
Os recursos referentes aos Custos Diretos mantém certaproporcionalidade com a Produção, ou seja, aumentando-se, por exemplo a quantidade da mão de obra aplicada, teoricamente, os serviços serão também realizados em menor tempo.
Observamos que os mesmos insumos, quando utilizados na construção do Canteiro de Obra, por exemplo, farão parte, como este, dos Custos Indiretos.


CUSTOS INDIRETOS

As Despesas Indiretas são, sem se restringir, aquelasreferentes à administração da obra, ao canteiro, tapumes, transporte, alimentação de pessoal, os equipamentos não lançados nas CPU's, os mensalistas, contas de telefone, água, luz, xerox, etc.

1. Transportes

a. Carro do engenheiro;
b. Caminhão da empresa;
c. Carro diretoria/supervisão;
d. Transporte da mão-de-obra.

2. Administração

a. Almoxarife;
b. Mestre de obras;
c. Engenheiro deobras;
d. Motorista;
e. Estagiário;
f. Operadores de equipamentos;
g. Técnico administrativo.

3. Alimentação

Número de funcionários x valor da refeição x número de refeições (mês ou total).

4. Equipamentos de segurança

Número de funcionários;
Tipo de equipamento;
Valor do equipamento;
Durabilidade;
Número de compras;
Tela de proteção;
Bandejas;
Sinalizações.

5. Aluguel decasas e outros

Obras fora do local da matriz. Necessário para alojar os funcionários da obras.
Outras: instalações próximas ao local da obras = depósito, escritório.
6. Instalações provisórias

Depósito, refeitório, escritório, instalações sanitárias.

7. Consumos

Luz, água, telefone, Internet.

8. Ligações

Energia, água, telefone, computador.

9. Taxas e emolumentos

ART,Prefeitura, SANEPAR, COPEL, Bombeiro, INSS, seguros.

10. Horas prêmio

11. Equipamentos e ferramentas
Baseados nos serviços que serão executados.

12. Controle tecnológico

Corpos de prova, dosagem, ensaios.

13. Cópias, material de escritório.


1. Transporte
Caminhão (depósito para obra) – 3 dias semana
Engenheiro (obra) – todos os dias 2X dia

2. Equipamento Proteção IndividualOficial – 4 pessoas
Servente – 2 pessoas
Sapatão – R$ 11,00
Óculos de proteção – R$ 3,00
Luva de raspa – R$ 2,50 / par

3. Equipamento e Ferramentas
Betoneira –
Serra Circular –
Pá de corte – 2 un.
Picareta – 1 un.
Carrinho de mão – 3 un.

Distância obra para depósito – 8 Km
Distância média engenheiro – 5 Km
Valor Km rodado – R$ 1,50
Betoneira (depreciação) R$ 46,50 / mêsSerra Circular – R$ 30,00 / mês
Pá corte c/ cabo – R$ 15,80 / un.
Picareta c/ cabo – R$ 32,80 / un.
Carrinho – R$ 89,00 / un.


CUSTO TOTAL DA OBRA = CUSTOS DIRETOS + CUSTOS INDIRETOS

BENEFÍCIOS E DESPESAS INDIRETAS (BDI)
Para se chegar ao preço de um serviço ou obra, sobre o montante obtido para o custo deve-se acrescentar um percentual chamado de BDI, a fim de considerar as despesasadministrativas, financeiras, tributárias da construtora e o lucro almejado no empreendimento. Na construção civil, é cada vez mais comum as construtoras executarem uma obra por administração, cobrando taxas de administração em torno de 10% sobre o custo da obra. Desse percentual, a construtora obterá seu lucro e cobrirá as despesas indiretas que tiver na execução da obra. Convém, entretanto,...
tracking img