Curso técnico de secretaria escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4759 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O AVE é definida como uma doença vascular que acomete o sistema nervoso central, que tem como principal causa incapacidade física e cognitiva. Suas causas estão relacionadas com a interrupção do fluxo de sangue para o encéfalo, originado tanto por obstrução de uma artéria que o supre caracterizando o AVE isquêmico, quanto por ruptura de um vaso caracterizando o AVE hemorrágico(SOUZA; OLIVEIRA; SANTOS, et al, 2003).
Um dos comprometimentos motores evidentes na hemiplegia é a tendência de manter-se na posição de assimetria postural, com distribuição de peso menor sobre o lado afetado, e conseqüente transferência do peso corporal para o lado oposto, essa incapacidade assimétrica prejudica no controle postural impedindo a orientação e estabilidade para realizarmovimentos com o tronco e membros, e conseqüentemente as atividades da vida diária, tais como vestir, alimentar-se, mudar de posição, andar, sentar, alcançar objetos, depende e envolve esse controle postural (LUCARELLI; CARLIK; KLOTZ, 2005).
As dificuldades na realização das AVD’s e a dependência de outras para completar essas tarefas podem provocar um efeito devastador nos aspectos psicológicos,social e financeiro dos pacientes. Depressão, diminuindo a auto-estima e perda da motivação pode resultar no fracasso da reabilitação desses pacientes (CHRISTIANSEN, 1998; MALICK, 1983).
Freqüentemente a principal queixa declarada por pacientes que sofreram um AVE é a restauração insuficiente da marcha, assim o treinamento dessa habilidade é uma fase importante dentro do programa de reabilitação.Muitos dos pacientes que adquirem funcionalidade da marcha continuam demonstrando padrões espaço-temporal que divergem da marcha normal. Embora os padrões da marcha pareçam semelhantes para todos os pacientes, alguns exemplos mais precisos como a eletroneuromiografia (EMG), revelam situações mais complexas (MAURITZ, 1987; BOHANMAN, 1987; KIRUTSSON RICHARDS, 1979).
É também consenso na literaturacientífica que o AVE, ainda apresenta elevada incidência e dado aos altos índices de sobrevivências e também elevada prevalência que aumenta com a idade (FLIGEN, 2003). Portanto o aumento do tempo de vida proporcionados pelas mudanças ocorridas, principalmente pelo avanço tecnológico aplicado à área da saúde, acompanhado a período de déficit na funcionalidade física, psíquica e social (RAMOS, 1993;PASCHOAL, 2002).
Sendo assim as seqüelas deixadas por um AVE são variadas e podem ser sensitivas, motoras ou cognitivas, gerando déficits na capacidade funcional, na independência e qualidade de vida dos indivíduos (TEIXEIRA, 2000).
Déficit na função motora envolvem paralisia ou paresia dos músculos do lado do corpo contralateral a lesão cerebral (JUDGER, 1993).
Tendo em vista a altaincidência do AVE, principalmente em pessoas idosas, o amplo crescimento dessa população no Brasil e alta taxa de sobrevivência desses pacientes, vê-se necessário a adoção de formas alternadas de tratamento no intuito de reduzir as disfunções apresentadas, as custas sociais e do próprio paciente e família, somando a esses fatores, está o fato de após a fase aguda, os pacientes continuaram a apresentardéficit limitantes (TEIXEIRA; OLIVEIRA; SANTANA; RESENDE, 1999).
A hemiplegia é um sinal clássico do AVE, e se caracteriza por perdas dos movimentos voluntários em um hemicorpo com alteração muscular (RYERSON, 1994; CASH, 1976).
Segundo a organização mundial de saúde (OMS), é um sinal de rápido desenvolvimento de perturbação focal na função cerebral, de suposta origem vascular e com mais de 24horas de duração. É o aspecto repetitivo do déficit neurológico, segundos, minutos, horas ou poucos dias que caracteriza o distúrbio caso sendo vascular (STOKE, 2000). Os efeitos neurológicos de um derrame são determinados pela área cerebral afetada, pela causa do AVE, extensão da lesão e as funções da área lesada (SMITH; WIESS, 1997).
A terapia física proporciona a reeducação dos movimentos e...
tracking img