Curiosidades curiosas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1043 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
s

Aluna: Aline Alves Ricken RA: 201201038987 - Publicidade e Propaganda

Curiosidades Curiosas

Por que a cerveja, ainda líquida quando retiramos a garrafa do congelador, congela em contato com as mãos?
Quando seguramos a garrafa pelo gargalo, o calor da mão não reage com a cerveja. Por isso, ela permanece no estado líquido. Quando seguramos a garrafa pelo bojo, o calor da nossa mãolibera o gás contido na bebida - o que reduz a temperatura do líquido e acaba congelando-o.


Por que a água apaga o fogo?
O fogo é um fenômeno que surge em reações químicas de combustão - quando uma substância, ao combinar com oxigênio, se transforma em outra, liberando energia na forma de calor e de luz (as chamas). Ele pode ser apagado resfriando o material incendiado, retirando ofornecimento de oxigênio ou interferindo nas reações químicas que ocorrem nas chamas. A água realiza duas dessas funções: sua conversão em vapor absorve o calor e o vapor substitui o ar nas proximidades da chama, cortando o suprimento de oxigênio. Convém lembrar que a água apaga o fogo quando é jogada sobre ele, mas, em alguns casos, quando ela está sob o material em chamas, não interfere no fogo, mesmoestando em contato com ele. É o caso de incêndios em derivados de petróleo. Como esses produtos são mais leves que a água, eles bóiam e, se pegarem fogo, vão se incendiar normalmente, sem que a presença da água possa impedir.

Por que nos museus é proibido fotografar com flash?
O que acontece é que essa luz disparada pelas câmeras é tão intensa que acaba adulterando a própria cor das pinturas.Além de todas as cores perceptíveis pelo olho humano e dos raios infravermelhos, a luz branca dos flashes contém os invisíveis e poderosos raios ultravioleta. Os fótons (partículas de luz) que os compõem carregam uma quantidade de energia muito maior que a dos outros raios - a ponto de reagirem com os elétrons das tintas do quadro. Essa reação romperia algumas das ligações químicas entre as moléculasque formam o pigmento - o que, por sua vez, modificaria de maneira imprevisível as cores da pintura. Qualquer luz branca - como a do Sol ou a das lâmpadas fluorescentes - é capaz disso, só que essa capacidade de interferir na pigmentação aumenta conforme a intensidade da luz. A dos flashes é tão forte que tem que ser proibida em nome da preservação de patrimônios artísticos valiosíssimos.

Porque os aviões a jato deixam um rastro no céu?
Porque o vapor d´água que sai de suas turbinas congela na hora, transformando-se em cristais de gelo suspensos na atmosfera. Isso, porém, não acontece sob qualquer circunstância. O ar precisa estar a uma temperatura de pelo menos 35ºC negativos, ou seja: o avião tem que voar a pelo menos 10 quilômetros de altura, se estiver nas regiões equatorial outemperada, ou a 5 quilômetros, nas de clima mais frio. Além disso, a umidade relativa do ar deve estar em torno de 65%. Sem falar que a trilha só é visível se o céu estiver limpo, com poucas nuvens. Se, além das circunstâncias favoráveis, já



houverem cristais de gelo suspensos na atmosfera, eles se juntam ao rastro da aeronave. Assim, a trilha pode crescer e ficar no ar por várias horas.Por que os ossos e os dentes não se decompõem após a morte?
Porque essas partes do corpo são compostas de minerais, material que não faz parte do cardápio das bactérias que nos digerem no cemitério. Esses seres unicelulares alimentam-se de matéria orgânica - a que compõe nossos tecidos, formada basicamente por átomos de carbono. É exatamente nessa atividade bacteriana que consiste o processo deputrefação. Já os ossos e os dentes são formados por compostos inorgânicos, em que predomina o fosfato de cálcio, substâncias que não apodrecem. Isso, porém, não significa que elas não sejam alteradas com o passar dos anos. "O que acontece com os ossos e os dentes é a substituição de um mineral por outro, ao longo do tempo", diz o fisiologista José Carlos de Freitas, da USP. Trata-se de um...
tracking img