Cultura religiosa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (287 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CULTURA RELIGIOSA – PUC MINAS BARREIRO

1 – Ao contrário dos animais e outras coisas do mundo, o ser humano vive em constante mudança, inventando e criando semprenovos mundos, novas ideias, novas culturas. Os animais vivem de seus princípios e nada mais, de uma sabedoria e experiência que habitam seus corpos, ao longo dos tempos semalterações, inovações e mudanças em seu mundo. “O animal faz com que a natureza se adapte ao seu corpo”. Enquanto isso, o homem se recusa a ser o que é, a ser o que opassado lhe propunha. Completamente diferente dos animais ele tem esta necessidade de mudar e criar.

2- Em oposição ao mundo animal, onde o imperativo da sobrevivênciareina supremo, nos mundos em que os homens imaginam e constroem o corpo já não tem a ultima palavra. O homem é capaz de cometer suicídio, ou de entregar seu corpo amorte, desde que dela outro mundo venha a nascer.

3 – “O corpo foi transformado de entidade da natureza em criação da cultura”. O corpo já não responde naturalmente,tudo ocorre de acordo com a cultura, costumes, de acordo com o mundo em que o homem criou para ele. Os impulsos sexuais, gostos alimentares, a sensibilidade olfativa, ritmobiológico, dependem exclusivamente da cultura do ser humano, já não são mais expressões naturais do corpo.

4 – Os animais sobrevivem pela adaptação física ao mundo,os homens ao contrario, parecem ser constitucionalmente desadaptados ao mundo, tal como ele lhes é dado. Nossa tradição filosófica fez seus mais sérios esforços parademonstrar que o homem é um ser racional, ser de pensamento. Mas as produções culturais que saem de suas mãos sugerem, ao contrário, que o homem é um ser de desejo.
tracking img