: “Cultura organizacional ou ideologia empresarial”

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo crítico do texto: “Cultura organizacional ou ideologia empresarial”

O texto, escrito por Marcio Sá, vem trazendo à tona questões relacionadas ao uso de alguns conceitos que significam “uma coisa” e são amplamente utilizados e estudados como se fossem “outra coisa”. No texto em questão “Cultura organizacional ou ideologia empresarial” o autor discute o uso do termo cultura organizacionalcomo uma forma de revestir a ideologia imposta pela empresa.
Inicialmente o autor nos trás uma introdução sobre o tema, e nos revela a idéia central de seu trabalho, a qual é norteada pelo uso do termo cultura organizacional de um modo errado. Para Sá, o conceito de cultura organizacional, que está sendo amplamente utilizado tanto no mundo dos negócios, quanto nas discussões acadêmicas, narealidade, são características constituintes de tipos empresariais, as quais são consubstanciadas e justificadas por discursos ideológicos. Ou seja, as práticas, discursos, idéias e características observáveis na empresa não seriam, portanto, a cultura desta, mas sim, a sua ideologia imposta pela própria organização.
Para fundamentação de seu trabalho e justificativa de sua idéia central, Sá toma comopressuposto dois fenômenos históricos, os quais são pertinentes a modernidade, o desencantamento e o reencantamento de mundo. Max weber foi originalmente o autor que apresentou o conceito de desencantamento, o qual era inspirado no pensamento iluminista, que destaca que os indivíduos ao guiarem suas ações pela razão, estariam livres de crendices, magias e tradicionalismos, e seriam capazes dedesenvolver técnicas e ciências. Dessa forma, o mundo dos deuses e mitos foi substituído pelo conhecimento cientifico e pelo desenvolvimento de forma de organizações racionais e burocratizadas. Com efeito, não haveria forças misteriosas incalculáveis, pelo contrário, tudo seria dominado pelos cálculos. A partir disto, o mundo estaria desencantado. Entretanto, Sá aponta uma nova faze vivida pelaspessoas, que seria o reencantamento de mundo, o qual aponta como causa a perda de bases estáveis de organização e reprodução da vida. Pois, uma vez que não encontram segurança nas instituições sociais, as pessoas “desorientadas” procuram algo que lhes possam servir de guia e luz nas desventuras da vida, coisas essas como o esotérico, o mágico e o sagrado.
Sá procura mostrar as mudanças econseqüências que o reencantamento de mundo impõe ao discurso empresarial. Essas mudanças seriam propiciadas por um conjunto de concepções dos conceitos de natureza, sociedade, e ser humano, cujos, são propagados por um novo fenômeno midiático, a auto-ajuda empresarial. Componente ideológico empresarial, a auto-ajuda faria a cabeça das pessoas, as envolvendo fortemente com o seu trabalho fazendo com que elas“vistam a camisa” e “dêem o sangue” à empresa. A auto-ajuda é considerada uma expressão do reencantamento de mundo, pois ao lado de conhecimentos legitimados pela ciência, a auto-ajuda, vista em livros e manuais, falam da fé, de energias positivas, da força da mente, da natureza, etc. Num misto de ações racionais e irracionais, a auto-ajuda projeta-se, portanto, como fenômeno característico doreencantamento e é massificada pela indústria da gestão empresarial. Conforme o autor, esse fenômeno, estaria abrindo espaço para novas formas de legitimidade do saber e principalmente novas formas de dominação das pessoas.
A intenção do autor é verificar a força dos sistemas de auto-ajuda no meio organizacional. Segundo o mesmo, tanto os discursos de auto-ajuda invadiram o mundo dos negócios, comoeste, o meio organizacional, se apropriou de um modo de pensar típico dos discursos de auto-ajuda. Segundo Sá, hoje é observada uma parceria entre os discursos de auto-ajuda e a indústria da gestão empresarial. O cenário cada vez mais incerto acaba sendo uma justificativa da indústria do conselho, as pessoas se sentem cada vez mais necessitadas de conforto e alivio e conselhos que podem trazer,...
tracking img