Cultura, familia e sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1158 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
curso serviço social
HÉRICA ALVES SALES
BENEDITA SOARES DE FARIAS
VANUSA AIRES CARVALHO BRASIL







CULTURA, FAMÍLIA E SOCIEDADE








GURUPI – TO
OUTUBRO DE 2010

HÉRICA ALVES SALES
BENEDITA SOARES DE FARIAS
VANUSA AIRES CARVALHO BRASILCULTURA, FAMÍLIA E SOCIEDADE








Trabalho apresentado ao Curso Superior Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná. Disciplina: Cultura, Família e Sociedade. Orientadores: Amanda Boza; Cláudio Moreira Ferreira; Sergio de Goes Barboza.GURUPI – TO
OUTUBRO DE 2010
1 INTRODUÇÃO
A Intervenção do Serviço Social parte de uma prática baseada no princípio da satisfação das necessidades humanas. E cada intervenção profissional tem um objetivo, com propósitos específicos, determinados pelas necessidades das pessoas atendidas.
É a partirda realidade que o Assistente Social desenvolve sua ação profissional, tendo como objeto a questão social, expressa por múltiplas formas de desigualdade vivenciadas pelos sujeitos, quer seja na família, na escola, no trabalho, ou em outros contextos sociais.
Para se trabalhar com famílias, há de se compreender que toda análise deve ser pensada na família enquanto estrutura inserida em umarealidade social “concebida com efetivo espaço de lutas de classe”.
Observando o estudo de caso a família Almeida, devemos considerar que todas as pessoas são capazes e produzir conhecimento e que o conhecimento e a informação são instrumentos capazes de mudar essa realidade.
Deve ser feito um trabalho pedagógico com todos os membros desta família para reforçar as suas capacidades de resgatar aauto-estima e sua dimensão cidadã.
Para abordar essa família é preciso refletir emocionalmente e cientificamente, adequando-se ao contexto social e familiar, respeitando concepções, crenças e valores pessoais.






2 DESENVOLVIMENTO
O Serviço Social emprega a abordagem individual tendo como unidade a família com o objetivo de atuar nos fatores causais ou problemas empotenciais interligados à situação (saúde, violência, trabalho com adolescentes ou idosos) ao contexto sócio-econômico, cultural e comercial.
A abordagem individual também é uma forma de identificação de situações-sociais, problemas comuns à população, para planejamento posterior de atividades grupais e outros programas específicos, dentro das políticas públicas e sociais.
Entretanto falaremossobre as medidas de intervenção usadas em cada membro da família.

2.1 Dona Josefa
Cabe ao Serviço Social no caso de Dona Josefa, encaminhá-la junto com sua família à psicólogos para que eles os orientem no tratamento familiar, pois diante de tantos problemas enfrentados por sua família e o alcoolismo de seu marido, a qualidade de vida da sua família está em jogo.
Em relação à sua falta departicipação em reuniões, deve-se encaminhá-la para um centro de ajuda para pessoas com pouca auto-estima, pois quando Dona Josefa aprender a elevar sua auto-estima sua vida e seus problemas irão diminuir.

2.2 João Vitor
João Vitor, 12 anos. As aulas do projeto que João Vitor freqüenta não estão alcançando o objetivo esperado, então apelamos para medidas sócio-educativas, que seriaprestação de serviço à comunidade. Esta é uma das medicas mais aplicadas aos menores infratores dado o seu caráter dúbio, ou seja, ao mesmo tempo em que contribui com assistência às instituições de serviços comunitários e de interesse geral, desperta nele o prazer da ajuda humanitária, assim a finalidade primária que é a ressocialização passa a ser apenas uma conseqüência do trabalho realizado. E com...
tracking img