Cultura brasileira e identidade nacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2143 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CULTURA BRASILEIRA E IDENTIDADE NACIONAL
Uma leitura sobre o Modernismo
Ao aceitar o convite para falar sobre cultura brasileira, neste circuito de palestras, propus-me apresentar uma breve leitura histórica sobre como o tema foi tratado no contexto do Modernismo, associado à discussão sobre identidade nacional.
Mais que tentar definir a natureza da cultura brasileira nesse período, minhaintenção é revelar a tensão e a disputa social presentes no campo da produção cultural.
Fechando um pouco mais o foco, tomo como objeto a pintura modernista paulista, produzida nas décadas de 1930 e 1940, pelo Grupo Santa Helena, tentando recuperar aspectos gerais da luta entre grupos sociais, que seu surgimento ensejou.
Historicizando conceitos
Cultura é conceito que amplia sua abrangência, apartir do século XIX, quando a arte se distancia da utilidade, ou da necessidade das sociedades tradicionais, ganhando autonomia.
Isso ocorre, conforme consideram Adorno e Horkheimer, porque a burguesia, rompendo as amarras da sociedade tradicional, favorece essa libertação que o artista usufrui em sua produção.
Por outro lado, livre para produzir, mas também inserido em uma sociedade de consumo, oartista muitas vezes se aproximará, por escolha, de tendências que favorecem o projeto de consolidação do Estado, contribuindo, com sua produção, para forjar uma identidade nacional.
Dessa relação entre Estado e arte surge o que se pode chamar de cultura oficial, que muitas vezes aproximou-se da cultura popular, tentando neutralizar sua diversidade e esforçando-se por revelar certa homogeneidade,a partir da qual o conjunto da sociedade pudesse ver-se refletido, sentir-se representado. Cultura e identidade, como se vê caminham juntas. Mas o que entender por identidade?
Ela é sempre uma construção simbólica que evidencia distinções entre o eu e o outro. A identidade de “A” é dada pelo conjunto de características que o distinguem de ”B”. Daí se pode deduzir qual a importância da definiçãosobre questões culturais para a construção da identidade de um Estado (identidade nacional), pois é a cultura que, no limite, confere identidade a um povo ou nação. Essa identidade é, portanto, resultado da construção simbólica de um determinado grupo em um determinado momento histórico.
Mas quem está qualificado para operar essa seleção de características culturais que definirão a identidade deum grupo, de um povo, de uma nação?
Na verdade, a cultura é sempre multifacetária, dinâmica. A cultura no singular, que define a identidade de uma nação, só existe como resultado da luta simbólica que se dá no campo cultural. Em resumo, o campo cultural é espaço de luta permanente entre os grupos sociais, que buscam reconhecimento e visibilidade, negando a uniformização e mesmo a hegemonia.Nasce a cultura do povo brasileiro
No Brasil, é no século XIX que as questões culturais ganham alguma importância, já que é também o momento da independência, quando tem início o lento processo de construção da nação e de sua identidade.
No campo literário, a produção brasileira buscou inicialmente distinguir-se pela negação. Se ainda não se podia definir o que era ser brasileiro, sabia-se ao menosque ele não era português. O índio passou a ser valorizado em nosso romantismo nacional, como elemento distintivo, ainda que reconstruído, a partir de valores europeus.
Nas artes plásticas o caminho escolhido foi o da valorização de temas populares, como no caso da obra de Almeida Júnior que representa o violeiro, o “caipira”, o home do campo flagrado em seu cotidiano.
Mas ao final do séculoXIX, época de avanço do ideário positivista e da proclamação da abolição e da República, o negro – que antes não era mais que mercadoria – “aparece” na cena social e transforma-se em problema.
Visto como raça inferior, o elemento negro parecia ser um entrave ao pleno desenvolvimento da cultura brasileira e por conseqüência do país. A mestiçagem que permitira a aclimatação do europeu aos trópicos...
tracking img