Cultivares de soja em belterra-pa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1271 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COMPORTAMENTO DE CULTIVARES DE SOJA EM BELTERRA PARÁ.



Michelle Sousa Borges¹, Jamil Chaar El-Husny², Eudes de Arruda Carvalho2



1Acadêmica do curso de Agronomia (UFRA) – Estagiária da Embrapa Amazônia Oriental. (m_borges02@hotmail.com)

2Pesquisador Embrapa Amazônia Oriental



Resumo: Este trabalho avaliou o comportamento cultivares de soja de melhoramento convencional. Otrabalho foi desenvolvido no ano agrícola de 2012, na fazenda Stefanelo/Campo Experimental da Embrapa, no município de Belterra- Pa. O solo foi classificado em Latossolo Amarelo, distrófico, textura muito argilosa. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com 9 tratamentos e três repetições com parcelas de 10m² e área útil de 4m². Foi realizada análise de variância para os caracteresrendimento (kg/ha), altura de planta (cm) e inserção de 1o legume. As médias foram compararas através do teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade. Apresentaram melhores rendimentos, as cultivares ANSC 84107, BRS Sambaíba, ANSC89109, BRS Pérola, P98C81, ANSC 94104, BRS 326 e A7006. Obteve maior altura de planta as cultivares A 7006, BRS 326, BRS Sambaíba, ANSC 94104, BRS Pérola. Para inserção deprimeira vagem não ocorreu diferença significativa entre os genótipos.
Palavras-chave: Genótipo, Melhoramento de plantas

Introdução
A introdução da cultura da soja no Estado do Pará ocorreu em 1995, a partir de um programa do Governo do Estado do Pará em parceria com a iniciativa privada e contando com apoio de pesquisas realizadas pela Embrapa Amazônia Oriental. Como consequencia destainiciativa, foram criados Pólos de produção de grãos nas microrregiões de Redenção, Paragominas e Santarém. O programa visava o aproveitamento de áreas de cerrado no sul do Pará e áreas alteradas nas demais regiões. Recentemente, no ano agrícola de 2009, o Estado do Pará apresentou uma área plantada com soja de 71.410 hectares e uma produção de 206.456 toneladas. A microrregião de Santarém possui asegunda área plantada de soja no Estado do Pará, com destacada participação do município de Belterra.
Dentro de um sistema de produção, a identificação de cultivares adaptadas às condições de cultivo favorecem melhorias na produtividade, mantendo-se custo de produção. Dessa maneira, o melhoramento de plantas constitui-se fator importante para melhoria da produtividade. A necessidade de serealizar o trabalho de obtenção ou adaptação de cultivares nas condições em que o material será utilizado é uma medida naturalmente utilizada. Neste contexto, o presente estudo visou avaliar o comportamento de cultivares de soja, oriundas de programa de melhoramento convencional nas condições de Belterra-Pará.

Material e Métodos

O ensaio foi conduzido em Belterra no ano agrícola de 2012,na Fazenda Stefanelo/Campo Experimental da Embrapa. O clima na região é do tipo Ami, segundo Köppen, com médias anuais de temperaturas de 32,27, 26,3 e 21,9°C para temperaturas máxima, média e mínima, respectivamente. A umidade relativa do ar média é de 84% e a precipitação pluviométrica anual média de 2.096 mm, com maiores concentrações entre os meses de dezembro a julho (El-Husny et al., 2001).O solo classificado como Latossolo Amarelo, distrófico, textura muito argilosa (76, 21,3 e 2,7 % de argila, silte e areia, respectivamente), apresentava as seguintes características químicas na profundidade de 0 a 20 cm do solo pH 5,5, matéria orgânica 21,6 g/kg, fósforo 15 mg/dm3, teores de potássio, cálcio, magnésio e alumínio de 0,16, 3,4, 1,2 e 0,2 cmolc/dm3, respectivamente, sendo a acidezpotencial(H+Al) de 4,95 cmolc/dm3. O manejo do solo foi em cultivo mínimo. No controle de plantas invasoras foram utilizados os herbicidas lactofen, chlorimurom-ethyl e haloxyfop-R metílico. As doenças fúngicas foram controladas com a aplicação de fungicidas carbendazim e picoxistrobina+ciproconazol. No controle de lagartas, foram utilizados inseticidas metomil e clorantraniliprole e para...
tracking img