Cuidados de enfermagem na psiquiatria

MANUAL DE CUIDADOS DE ENFERMAGEM EM SAUDE MENTAL


INTRODUÇÃO:
No Brasil, após uma longa trajetória pela implementação da Reforma Psiquiátrica, houve a aprovação da lei 10.216, de 06 de abril de2001, de autoria do Deputado Paulo Delgado, na qual se estabeleceu a reorientação da assistência à saúde mental na perspectiva da reabilitação psicossocial.
A política de saúde mental atualpreconiza vários dispositivos, como Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Hospitais-Dia, Leitos em Hospitais Gerais, Ambulatórios com espaços de convivência coletiva, Serviços Residenciais Terapêuticos(SRTs), Programa de Volta Para Casa (PVC) e Projetos de Geração de Renda como direitos inerentes a qualquer ser humano.
Na perspectiva da Reforma Psiquiátrica e em defesa da humanização da atenção emsaúde mental o papel das emergências psiquiátricas, sobretudo em hospital geral, vem sendo redefinido nas últimas décadas. A internação deixou de ser a única opção de tratamento.
Segundo a Lei 10.216 noparágrafo único, incisos I e II refere sobre os direitos da pessoa portadora de transtorno mental e diz:
I – ter acesso ao melhor tratamento do sistema de saúde, consentâneo às suas necessidades;II – ser tratada com humanidade e respeito e no interesse exclusivo de beneficiar sua saúde, visando alcançar sua recuperação pela inserção na família, no trabalho e na comunidade;
A emergênciapsiquiátrica envolve situações de alteração do pensamento (delírio), alteração comportamental (violência), que se dá em razão do surgimento de quadros psiquiátricos ou sua agudização, quando crônicos e emfunção de uso abusivo de álcool e outras drogas.
Todos estes casos requerem atendimento rápido, alguns estão associados a risco de morte, como, nas tentativas de suicídio e complicações clínicas.Nestas situações, freqüentemente, as intervenções terapêuticas realizadas em curto espaço de tempo, contribuem para diminuir agravamentos e riscos de seqüelas.
A qualificação dos profissionais de...
tracking img