Cuidados de enfermagem em intracath

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1018 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
TURMA M13


SABRINE CAMPELLO MARTINS

MALÁRIA

RIO GRANDE
2011

SUMÁRIO

1. CONCEITO.................................................................................1
2. AGENTE TRANSMISSOR..........................................................2
3.2 CICLO DOPARASITA...............................................................2
2.3 TRANSMISSÃO.........................................................................2
3. SINTOMATOLOGIA....................................................................3
3.1 COMPLICAÇÕES.......................................................................3
4. DIAGNÓSTICOS.........................................................................4
5.TRATAMENTO.............................................................................5
6. PROFILAXIA E CONTROLE........................................................6
REFERÊNCIAS

l
1. CONCEITO
A Malária é uma doença infecciosa causada por um protozoário unicelular do gênero Plasmodium, que aniquila os glóbulos vermelhos do sangue, tornando as pessoas anêmicas. É transmitida por meio dapicada de fêmeas de mosquito do gênero Anopheles darling, um mosquito parecido com o pernilongo que pica as pessoas, principalmente ao entardecer e à noite. Também pode ser transmitida por transfusão de sangue ou, mais dificilmente, por compartilhamento de agulhas e seringas infectadas por Plasmodium. (Varella, 2011)
Também conhecida como sezão, paludismo, maleita, febre terçã e febre quartã, aMalária é uma doença dos países de clima tropical e subtropical. Geralmente é a fêmea que ataca porque precisa de sangue para garantir o amadurecimento e a postura dos ovos. Depois de picar um indivíduo infectado, o parasita desenvolve parte de seu ciclo no mosquito e, quando alcança as glândulas salivares do inseto, está pronto para ser transmitido para outra pessoa. O ciclo da malária humana éhomem-mosquito anofelino-homem.
No Brasil, não há registros transmissão autóctone de P. ovale, que é restrita a determinadas regiões da África.
A Amazônia é a região do Brasil onde ocorrem 98% dos casos de malária. (MS, 2010)

2. AGENTE TRANSMISSOR


2.1 TIPOS DE PARASITA

Há mais de cem tipos de plasmódio, o parasita da malária. Dos que infectam o homem, quatrosão os mais importantes: Plasmodium vivax, Plasmodium falciparum, Plasmodium malariae e Plasmodium ovale. A doença provocada pelo vivax é a mais comum e a provocada pelo malariae, a menos grave. Já a provocada pelo ovale é típica da África. (Varella,2004)
O Plasmodium vivax é mosquito parecido com o pernilongo “Mosquito Prego” que pica as pessoas, principalmente ao entardecer e à noite. (Uzeda;Bruno, 2004.)

2.2 CICLO DO PARASITA
O plasmódio desenvolve um ciclo sexuado dentro do organismo do mosquito e um assexuado no organismo humano. Depois de 30 minutos que entrou na circulação sanguínea do homem, alcança o fígado e vai-se multiplicando dentro das células deste até que elas arrebentam. Então, eles se espalham no sangue invadindo os glóbulos vermelhos, onde se reproduzem a talponto até rompê-los também. (Varella, 2011.)

2.3 TRANSMISSÃO
Somente as fêmeas dos mosquitos se alimentam de sangue. Quando contaminadas ao picar o homem introduzem uma forma infectante do protozoário que cai na corrente sanguínea e penetra nas células do fígado. (Uzeda; Bruno, 2004.)
A transmissão da malária pode ocorrer pela picada do mosquito, por transfusão de sangue contaminado, atravésda placenta (congênita) para o feto e por meio de seringas infectadas. (Uzeda; Bruno, 2004.)

3. SINTOMATOLOGIA

O período de incubação da Malária não complicada varia de 7 a 14 dias, podendo, contudo, chegar a vários meses em condições especiais, no caso de P. vivax e P. malariae . (MS, 2010.)

Os sintomas mais comuns são febre alta (entre 40ºC e 42ºC), calafrios intensos que se...
tracking img