Cronologia imperio romano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1069 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Antes de Cristo

753 a.C.:Diz a lenda que a cidade foi fundada por Rómulo e Remo, filhos de Reia Sílvia com o deus Marte. Usando um arado, ele desenhou os limites de Roma. No começo, a cidade era governada por um rei.

509 a.C.: A cidade se dividia entre os patrícios e plebeus. Uma revolta patrícia depôs o rei Tarquínio, o Soberbo, último rei de origem etrusca) e a monarquia acabou.Início da República Romana. Os etruscos começam a entrar em declínio.

471 a.C.: Criação do cargo de Tribuno da Plebe.

450 a.C.: Promulgação da Lei das XII Tábuas.

367 a.C.: Lex Licinia Sextia - Os plebeus conseguem acesso ao cargo de cônsul.

326 a.C.:Surgiram as primeiras grandes obras: o Circo Máximo; o primeiro aqueduto, que distribuía água para toda a cidade, e a ViaÁpia, uma grande estrada que permitia a movimentação de tropas.

275 a.C.:Começou o período de conquistas. Roma dominou as cidades gregas do sul da península Itálica, dominando-a por inteiro.

218 a.C.:O maior inimigo de Roma, a cidade de Cartago, do norte da África, invadiu a península Itálica. O comandante Aníbal venceu três grandes batalhas.

149 a.C.:Depois de ocupar aPenínsula Ibérica e derrotar Aníbal, Roma destruiu Cartago. A cidade ficou em ruínas. No mesmo ano, as tropas romanas conquistaram a Grécia. Em 133 a.C., assumiu o controle total do mar Mediterrâneo.

104 a.C.: Consulado de Caio Mário.

81 a.C.: Ditadura de Sila

73 a.C.: O gladiador Espártaco liderou uma rebelião de escravos, que construíram uma vila aos pés do monte Vesúvio. Ele venceuo exército romano sete vezes, antes de ser derrotado.

63 a.C.: Roma passou a controlar Jerusalém, ao anexar a Palestina, conhecida a partir de então como a província da Judeia.

59 a.C.:Dois generais inimigos Júlio César e Pompeu se uniram ao rico comerciante Marco Licínio Crasso e passaram a chefiar o governo - Primeiro Triunvirato.

49 a.C.:Quando Crasso] morreu, os doisgenerais entraram em guerra. César venceu e se declarou ditador.

47 a.C.: César invadiu o Egito e proclamou Cleópatra como rainha.

45 a.C.:O ditador contratou o astrônomo egípcio Sosígenes para criar um novo calendário de 12 meses (calendário Juliano).

44 a.C.: César foi assassinado por um complô do senado, liderado por seu sobrinho e filho adotivo Bruto. Ao descobrir aconspiração, ele teria dito ao traidor a famosa frase: "Até tu, Bruto, meu filho?"

43 a.C.: Segundo Triunvirato

31 a.C.: Eleito seu sucessor, Otaviano lutou contra os generais romanos para assumir o poder.

30 a.C.: Derrotada em seu complô ao lado de Marco Antônio para derrotar Otaviano. Cleópatra cometeu suicídio e o Egipto foi anexado ao Império Romano.

27 a.C.: Em 27 a.C.,Otaviano recebeu o título de Augusto. Nos 41 anos de seu reinado, Otaviano acabou com um século de conflitos e iniciou um período de 200 anos de paz e prosperidade, a chamada Pax Romana. Data convencionada pelos historiadores domo início do Império Romano.

0: Jesus nasceu em Belém, na Judéia. Nesta época, o império tinha cinco milhões de habitantes.

Depois de Cristo

33: Morre JesusCristo em Jerusalém, crucificado;

37: Com a morte do imperador Tibério, assumiu em seu lugar Calígula. Ele nomeou seu cavalo Incitatus senador do império e mandou esculpir sua própria cabeça em todas as estátuas de deuses de Roma. Foi assassinado quatro anos depois.

64: Incêndio de Roma. Uma das versões sobre as causas do incêndio aponta o próprio imperador Nero, que culpou os cristãos.70: O imperador Tito destruiu Jerusalém. Os judeus fugiram e se espalharam para a Armênia, o Iraque, o Irã, o Egito, a península Itálica, a Grécia e a península Ibérica. O Segundo Templo foi destruído.

24/8/79: O vulcão Vesúvio entrou em erupção e soterrou as cidades de Pompeia e Herculano durante o reinado de Tito.

117: Sob o governo de Trajano, Roma conquistou a...
tracking img