Cristologia

Páginas: 4 (778 palavras) Publicado: 3 de novembro de 2012
[pic]




















| |
|NOME DA ALUNA: JosianeFlores de Almeida |
| ||
|CURSO: Bacharel em Teologia Livre |DISCIPLINA: Cristologia |
||
|TÍTULO: A Encarnação e o Nascimento de Cristo|
||
|Professor: Ezer Belo das Chagas |

A ENCARNAÇÃO E O NASCIMENTO DE CRISTO

a. O sujeitoda encarnação:
Não foi o trino Deus, mas a segunda pessoa da Trindade que assumiu a natureza humana. Portanto é melhor dizer que o Verbo se fez carne, do que dizer que Deus se fez homem. Aencarnação não foi uma coisa que simplesmente aconteceu com o Logos, mas foi uma ativa realização da parte dele. Quando falamos da preexistência de Cristo, estamos nos referindo à sua existência antes desua encarnação como filho de Maria.
Essa preexistência é claramente ensinada na Escritura: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o verbo era Deus”. O preexistente filho de Deusassume a natureza humana e se reveste de carne e sangue humanos, um milagre que ultrapassa a razão humana, das quais só podemos depreender a partir daquilo que a Bíblia diz.


b. A necessidade da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • cristologia
  • Cristologia
  • Cristologia
  • cristologia
  • Cristologia
  • cristologia
  • cristologia
  • cristologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!