Crise na zona do euro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2459 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Crise na Zona do Euro

Em 2007, apareceram os primeiros sinais de que havia algo errado com as finanças dos países da zona do euro, mas só se evidenciou em 2008 quando divulgada a falência da Lehman Brothers. O fim da Lehman Brothers empurrou o sistema financeiro global à beira do abismo e a economia ficou muito próxima de uma nova Grande Depressão.
Lehman Brothers Holdings Inc. – Era umbanco de investimentos e outros serviços financeiros, que tinha atuação global, sediado em Nova Iorque. Declarou concordata em 2008, com negocios no ramo de investimentos de capital, venda em renda fixa, negociação e gestão de investimento. Suas principais filiais incluiam Lehman Brothers Inc., Neuberger Berman Inc., Aurora Loan Services Inc., SIB Mortgage Corporation, Lehman Brothers Bank e GrupoCrossroads. A empresa pediu concordata, já que vinha tendo prejuízos causados pela crise dos subprimes nos EUA. Foi a maior falência em historia americana. |

Alguns governantes com esperança de salvar os bancos lançaram uma operação, que comprometia somas enormes de fundos públicos que conseguiam superar 20% do PIB mundial. A intenção disso tudo era ganhar tempo, impedir o agravamento da situaçãoe o colapso dos mercados financeiros, o que deixaria a situação fora de controle. Mas não conseguiram reverter à crise e ela só piorou.
Tal intervenção que tinha como intuito recuperar as taxas de lucro, o que permitiria abrir um novo ciclo de crescimento, mas esta operação deu lugar a uma nova fase da crise: a dívida pública que passou a afetar grandes estados como os Estados Unidos (com 1/3 dototal mundial), a Europa e o Japão, se concentrando com muita intensidade na União Europeia, principalmente nos Estados-membro periféricos.
Crise na Grécia
A partir do crescimento da crise tornou-se público que por anos o governo da Gréciagastou bem mais do que podia, pedindo grandes empréstimos e deixando sua economia refém da crescente divida. Neste período os gastos públicos subiram aoextremo e os salários do funcionalismo dobraram. Quando a crise financeira global chegou, o déficit orçamental subiu e deixou os investidores relutantes em emprestar mais dinheiro ao país.
A crise começou com a difusão de rumores sobre o nível da dívida pública da Grécia e o risco de suspensão de pagamentos pelo governo grego. A crise da divida grega teria sido iniciada no final de 2009 com os sinaismais agudos dos problemas financeiros quando em 7 de dezembro a agência de classificação de risco Standard &Poor’s rebaixou a qualificação da dívida grega e a Fitch Ratings fez o mesmo um dia depois. Mas só em janeiro de 2010, o governo grego apresentou um plano para reduzir o déficit público de 12,7% do PIB, em 2009 para 02% em 2013. Em 3 de fevereiro, a Comissão Europeia aprovou este planode austeridade grego, mas anunciou que exerceria uma vigilância sem precedentes sobre seu cumprimento.
A Grécia ainda agravou a situação, devido a falta de transparência na divulgação dos números de sua divida e do se déficit. Nos últimos dez anos a diferença média entre o déficit orçamentário real e a cifra notificada a Comissão Europeia foi de 2,2% do PIB. Diante das dificuldades econômicas doPaís, a União Europeia resolveu adotar um plano de ajuda, com empréstimos e supervisão do Banco Central Europeu. O Conselho Europeu declarou que a UE realizaria uma operação de bailout do país, se fosse necessário.
Bailout - é uma palavra inglesa (de bail: fiança, garantia) que significa uma injeção de liquidez dada a uma entidade (empresa ou banco) falida ou próxima da falência, a fim de quepossa honrar seus compromissos de curto prazo. Em geral, os bailouts são dados pelos governos ou por consórcios de investidores que, em troca da injeção de fundos, assumem o controle da entidade. |
|
Em 23 de abril de 2010, o primeiro-ministro grego, George Papandreou, pede a ativação de um pacote de ajuda da União Europeia e do FMI, que visava retirar o país da crise de divida. O plano de...
tracking img