Crise economica mundial x brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2616 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
FACULDADE NOSSA CIDADE










CRISE ECONÔMICA MUNDIAL DE 2008

E O BRASIL NOS DIAS ATUAIS





















CARAPICUÍBA

2012

ANDRÉ L. MONTEIRO – RA 1907
WESLEY ROCHA DA SILVA - RA 2237














CRISE ECONÔMICA MUNDIAL DE 2008

E O BRASIL NOS DIAS ATUAISTrabalho entregue ao curso de Gestão Financeira na disciplina de Mercado de Capitais do Professor Mestre Saint Clair.









CARAPICUÍBA

2012















“Economia frequentemente não tem relação com o total de dinheiro gasto, mas com a sabedoria empregada ao gastá-lo." (Henry Ford).




“Não basta a economiacrescer. Com os avanços tecnológicos no mundo, muitas vezes uma empresa aumenta sua produtividade, sua rentabilidade e não gera um posto de trabalho." (Luís Inácio Lula da Silva).




"A economia da educação torna-se refém da tecnologia da informação. De intensiva de trabalho, a escola passará a intensiva de capital." (Peter Drucker).




"O quecaracteriza a economia política burguesa é que ela vê na ordem capitalista não uma fase transitória do progresso histórico, mas a forma absoluta e definitiva da produção social." (Karl Marx).



















RESUMO



Este trabalho visou apresentar no formato de material de estudo toda a congruência derivada em relação a crise economica mundial presenciada em 2008 e oBrasil em seus dias atuais, cuja, a relação de cada um tem como fator primordial uma situação intrínseca da economia eu seus respectivos períodos. Isto acontece também do reflexo econômico mundial, na qual direciona as alíneas que o mercado propõe de acordo com a expectativa imposta pela sociedade, e é claro, os atos regulatórios proporcionados pelos órgãos de competência, não havendo elisão deambas as partes que compõem toda a parafernália da “máquina de capitais”. Justamente por isso, a semelhança entre os momento presenciados e que estamos presenciando no caso do Brasil, é de extrema importância ressaltarmos que os sistemas de fiscalização foram falhos no que diz respeito a economia Americana, onde deu origem a crise mundial. Houve algumas omissões de informações, e até mesmo certamaquiagem dos títulos comercializados no mercado de capitais por parte das entidades financeiras, resultando na falência de um dos bancos de investimentos mais renomeados dos Estados Unidos, Lehman Brothers. Sendo assim o chamado “efeito cascata” vem a elucidar toda a inconsistência causada na área financeira do país que viveu uma das maiores crises já vistas de todos os tempos, devendo assim, ogoverno subsidiar os gastos através de impostos recolhidos dos contribuintes, ora, assim havendo o recesso no repasse desses fundos, ocasionando um baixo índice de reinvestimento no próprio país, em contrapartida temos um Brasil consolidado na economia decidindo alcançar um status de país de primeiro mundo optando por juros mais baixos, promovendo reduções na taxa básica de juros (SELIC), porém com umaampla fiscalização no que diz respeito ao Sistema Financeiro Nacional, amparado pelos órgãos normativos e supervisores. E por fim, essa relação compete a economia e seus agregados traçar o melhor rumo a ser seguido de acordo com o modelo adotado.
Palavras chave: congruência; subsidiar; parafernália; elisão; elucidar.





Sumário


1. INTRODUÇÃO 05


2. ORIGEM DA CRISEECONÔMICA DE 2008 06


3. IMPACTOS DA CRISE NO BRASIL 08


4. ECONOMIA BRASILEIRA NOS DIAS ATUAIS 10


5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 12

1. INTRODUÇÃO

É bastante provável que a maioria das pessoas não conheça profundamente as nuanças e técnicas que envolvem a crise econômica, temos como finalidade apresentar alguns conceitos básicos através deste estudo de caso....
tracking img