Crimes do colarinho branco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2250 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Santo Antônio de Pádua

2012

Crime do Colarinho Branco
Aspectos Sócio-Jurídicos
Por: Bruna Paula Braga de Carvalho
Carolina Campos Duarte AntunesFilipe Barbosa Gesualdi
Jéssica Serozini Costa
Laiane Rodrigues Macedo
Wesliane Batista dos Santos Foli



I - INTRODUÇÃO

SUMÁRIOIntrodução 2
Metodologia Aplicada 3
Características 4
Ações Anti-Sociais 5
Fatos Anti-Sociais 7
Revisão de Literatura 9
Exemplos 11
Conclusão 12
Bibliografia 13

I – INTRODUÇÃO
O crime do colarinho branco, no campo da criminologia, foi definido inicialmente pelo criminalista norte-americano Edwin Sutherland como sendo "um crime cometido por uma pessoa respeitável, e de altaposição (status) social, no exercício de suas ocupações". Portanto os crimes de colarinho branco se sobrepõem aos crimes corporativos graças às oportunidades encontradas, no mundo corporativo, para se cometer fraudes, suborno, uso de informações privilegiadas, peculato, crimes informáticos e contrafação, crimes esses que podem ser mais facilmente perpetrados por funcionários ou empresários engravatados,que usam colarinho branco.
O crime do colarinho branco tem sido motivo de preocupação para a sociedade, desde a Antiguidade. No Brasil esse termo define o ato delituoso cometido por uma pessoa de elevada respeitabilidade e posição socioeconômicos e, muitas vezes, representa um abuso de confiança. Refere-se a um tipo de crime de difícil enquadramento em uma qualificação jurídica precisa. Em geral,é cometido sem violência, em situações comerciais, com considerável ganho financeiro. Os autores se utilizam de métodos sofisticados e de transações complexas, o que dificulta muito sua percepção e investigação.
A maior parte das pessoas não tem consciência da extensão dos danos, sobre a sociedade, causados pelo crime do colarinho branco. No presente trabalho examinaremos estes atos criminosos tãopresentes no mundo high-tech atual e destacaremos as características, formas e causas mais comuns do crime do colarinho - branco, bem como o dano específico que provoca.

II – METODOLOGIA APLICADA
Para o alcance dos objetivos propostos, buscamos, de forma prévia, a partir de uma revisão crítica da literatura peculiar ao tema, a interação com o problema dissertado, pautando-se pelas concepçõessociológicas e jurídicas.
Então, partimos para a elaboração de uma metodologia com pesquisa de casos já acontecidos em nosso país, analisando ainda o prejuízo que todos esses crimes trouxeram e ainda trazem para a sociedade.

III- CARACTERÍSTICAS
Duas são as características mais marcantes nos chamados “crimes do colarinho branco”: a privilegiada posição social do autor e a estreita relação daatividade criminosa com sua profissão.
Os fatos que constituem tal criminalidade são:
a) Os autores pertencem, às elites dirigentes (econômica, financeira ou política) da formação social;
b) O fato anti-social é praticado no exercício da atividade;
c) O dano causado pela ação é extenso e considerável, atingindo em regra a coletividade, ou o patrimônio de indeterminado número depessoas. Pela extensão dos resultados, tais crimes são muito mais graves do que o furto e o roubo que punimos com tanta severidade, visto que, além de atingirem a coletividade, são capazes de abalar a própria estrutura econômica ou política do país. Mas o pior de tudo é que ficam impunes os seus autores, nada lhe acontecendo.

IV- AÇÕES ANTI-SOCIAIS
Não sendo possível a enumeração exaustiva...
tracking img