Crianças em situação de risco social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 54 (13429 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Crianças em situação de risco social: limites e necessidades da atuação do profissional de saúde
Resultado da Fase I do Projeto de pesquisa apresentado à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) – Programa de Políticas Públicas, 03/06405-0.

Auro Danny Lescher Bettina Grajcer Graziela Bedoian Lígia Miranda Azevedo Lucília Nunes da Silva Maurício C. A. Pernambuco NivaldoCarneiro Junior

São Paulo Setembro de 2004

Ilustração da capa: Diná, 8 anos – oficina de pequenos Projeto Quixote, 2004. Diagramação e arte final: GBedoian Comunicação - Giseli Bedoian Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Diretor Pfº Dr. Ernani Geraldo Rolim Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura do Município de São Paulo (PMSP) Área Temática de Saúde da Criança -COGEST Dra. Ana Maria Bara Bresolin Coordenadoria de Saúde da Subprefeitura da Sé, PMSP Coordenador Dr. Nivaldo Carneiro Junior Projeto Quixote Coordenador Dr. Auro Danny Lescher Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Rua Dr. Cesário Motta Junior, 61 Santa Cecília - São Paulo - CEP 01221-020 Fone: (11) 223-9922 www.fcmscsp.edu.br Coordenadoria de Saúde da Subprefeitura Sé Av. dosEstados, 900 Bom Retiro - São Paulo - CEP: 01108-000 Fone: (11) 3227-0319 E-mail: secsaude@prefeitura.sp.gov.br Secretaria Municipal da Saúde Rua General Jardim, 36 - 5º andar Vila Buarque - São Paulo - CEP: 01223-010 Fone: (011) 3218-4229 Site: www.portal.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/saude/areas_tematicas/0001 E-mail: abresolin@prefeitura.sp.gov.br Projeto Quixote Rua Pfº Francisco de Castro,92 Vila Clementino – São Paulo - Cep: 04020-050 Fone: (011) 5572-8433 Site: www.projetoquixote.epm.br E-mail: quixote@psiquiatria.epm.br

AGRADECIMENTOS

Aos participantes. Aos profissionais de saúde entrevistados. À equipe do Centro de Saúde Escola Barra Funda “Doutor Alexandre Vranjac”. À Ana Maria Bara Bresolin, coordenadora da área temática Saúde da Criança, da Secretaria Municipal deSaúde de São Paulo (COGEST/SMS). Aos diretores das Unidades Básicas de Saúde da Coordenadoria de Saúde da Subprefeitura Sé, Prefeitura do Município de São Paulo. À Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). À Câmara Municipal de São Paulo.

PARTICIPANTES

Ana Paula de J. Santos Ana Rosa Ferreira Aparecida de Lourdes Corrrêa Aurea Amélia Caviquioli Cláudia Tozoni Jardim BarbosaElisa Hokama Fabiana Carla de Souza Fernando de Oliveira Santos Hilda da Silva Isabel Boarati Ivani dos Santos Janice de Almeida Barreto Márcia Karla da R. Bonin Marcia Teves Nardi Maria Angela Ribeiro da Silva Maria das Mercês Aparecida da Silva Maria Elizabete Veloso B. Neto Maria Esther Leme Britto Maria Selma Souza de Oliveira Ondina D’Oliveira Coelho Roberto Gomes Ribeiro Tania Mara doNascimento Teresinha do Carmo Silva Vânia Alves da Silva

APRESENTAÇÃO
Temos a satisfação de tornar público os resultados do Projeto de Pesquisa “Crianças em situação de risco social: limites e necessidades da atuação do profissional de saúde”, Fase I, do Programa de Políticas Públicas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), desenvolvido junto aos profissionais de saúdeda Coordenadoria de Saúde da Subprefeitura da Sé, da Prefeitura do Município de São Paulo. Todo o processo dessa pesquisa foi elaborado de forma participativa com um grupo desses profissionais, que se dispuseram a discutir a problemática do atendimento de crianças em situação de risco nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Estes profissionais, previamente sensibilizados, elaboraram um questionário eentrevistaram outros 52 profissionais das mesmas unidades de saúde. A partir da utilização de metodologia qualitativa, essa pesquisa buscou identificar as necessidades e as dificuldades dos profissionais no atendimento dessas crianças, reconhecendo as especificidades dessa atenção, subsidiando, desse modo, processos de educação permanente. Nessa perspectiva, a construção e a efetivação da rede...
tracking img