Criança e racismo

Criança e Racismo
A criança é um ser muito ingênuo. Eles observam o que o adulto faz e imita. Nós, pais e professores somos o “espelho” do futuro para eles.Proibir os pequenos a ter acesso a livros que demonstram algum preconceito ajuda, mas não é só proibindo a leitura desses livros que vai combater o racismo. Existemvários fatores que influenciam uma pessoa a ter preconceitos, como: se o pai em casa faz piadas maldosas em relação ao negro, ou ao falar do negro, fala em tomde inferioridade, a criança vai crescer com isso na sua cabeça e se tornará preconceituosa. Se tiver um amiguinho que é racista, pode influenciar também. Outrosadultos racistas, filmes, TV também podem influenciar.
O melhor jeito é orientar bem para que nossas crianças tenham uma mente aberta. Demonstrar e ensinar arespeito com as diferenças de cada pessoa, a etnia, entre outros. Tanto os pais como os professores devem mostrar a eles que todos os seres humanos são iguais. Nãoimporta a cor, em que lugar nasceu por quem foi criado, classe social, crença etc.
É importante também, mostrar como uma pessoa racista acaba magoando o outropodendo causar danos psicológicos como a depressão.
As pessoas têm mania de chamar um negro de macaco, preto, crioulo ou fazer piadas com a cor, esses tipos desituações deveriam ser proibidos na frente de uma criança. Deveria existir uma punição para isso, uma punição que seja realmente cumprida. Pois, o mundo de hoje estácada vez mais rebelde.
Enfim, combater o preconceito é difícil, mas podemos diminuir através das crianças que são nossa esperança de um futuro ou um mundo melhor.