Criacionismo x evolucionismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1340 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Lylandra e Sabrina

Criados pelos desiguinio

Colégio:Adventista
Matéria:Religião
8ºano B

Embu
Março de 2012
Sumario:
Introdução
1ª Evidencias da evolução
2ª Evolução X Criação
3ª O criacionismo
4ª Duelo
5ª Complexidade do corpo humano
6ª Conclusão

Introducão:
Nessapesquisa falaremos sobre aspectos a respeito do evolucionismo e o criacionismo,não podemos ter uma serteza, mas tentar achar as respostas de como tudo comessou.

Evidencias da evolução:
Registros Fósseis:
Por meio do estudo de fósseis encontrados em todo o Planeta e seu padrão pode-se ter uma forte evidência de que a evolução ocorre. Com a ajuda  das camadas geológicas pode-se estimar quandosurgiram e foram extintos os seres vivos. Por meio de comparações desses fósseis é possível determinar os parentescos entre as espécies e correlacionar habitats compartilhados, ajudando dessa forma a entender como elas se diferenciaram. A existência de fósseis de transição também aponta para a existência do processo evolutivo. Os fósseis de transição, são fósseis que possuem caracteres morfológicos degrupos de indivíduos diferentes, evidenciando então que a evolução é um processo contínuo.
Evidências morfológicas:
Além de servir como ferramenta fundamental para a identificação e classificação das espécies, a morfologia biológica serve como instrumento para a constatação de evidências evolutivas.
Órgãos homólogos:
Na análise morfológica, é possível identificar que animais distintos podempossuir órgãos oriundos de uma mesma origem embrionária. Esse processo é conhecido como homologia.
Os órgans Homólogos podem desempenhar funçoes semelhantes ou não, mesmo tendo uma origem evolutiva comum. Alguns exemplos de órgãos homólogos são: braço humano, asas do morcego, nadadeiras anteriores do golfinho e patas anteriores do cavalo.
Evidências Moleculares:
Admite-se que o processoevolutivo que originou as primeiras células começou na Terra a aproximadamente 4 bilhões de anos. Naquela época, a atmosfera provavelmente continha vapor d´água, amônia, metano, hidrogênio, sulfeto de hidrogênio e gás carbônico. O oxigênio livre só apareceu muito depois, graças à atividade fotossintética das células autotróficas.
Polimerização: com as primeiras moléculas orgânicas agrupadas emcoacervados por forças de atração química e polaridade, algumas delas se uniram, formando compostos mais complexos obtidos por processos abióticos.
Evolução X Criação:
Define-se por criacionismo o conjunto de crenças, inspiradas em crenças religiosas, que dita que a Terra e todos os seres vivos que existem atualmente, são provenientes de um ato de criação por um ou mais seres divinos. O termo criacionismovem sendo aplicado a qualquer opinião ou doutrina filosófica ou religiosa que defenda uma explicação para a origem do mundo baseado em um ou mais atos de criação por um deus pessoal.
Os criacionistas clássicos negam a teoria da evolução biológica e, especialmente, a evolução humana, além das explicações científicas para a possível origem da vida. Por isso ignoram todas as evidências científicas(fósseis, geológicas, genéticas, etc.). No criacionismo clássico de origem cristã faz-se uma interpretação literal da bíblia.
Resumindo, os criacionistas se baseiam nas crenças de que o universo, em cada um dos seus detalhes, havia sido criado por um poder criador inteligente, e na ideia de um mundo imutável, de duração limitada.
Evolução biológica é o conjunto de transformações adaptativas queocorrem ao longo do tempo nos seres vivos. Embora sugerida no século XVIII, a ideia da evolução biológica cristalizou-se somente em 1859, com a publicação do livro A Origem das espécies. O autor, Charles Robert Darwin (1809-1882), apresenta uma grande quantidade de evidências em favor do fato evolutivo e sugere um mecanismo – a seleção natural – pelo qual ela ocorreria. Nos últimos 100 anos, a...
tracking img