Criação de bezerros

Páginas: 16 (3927 palavras) Publicado: 5 de abril de 2011
PROJETO – DIMINUIR PERDA DE BEZERROS

OBJETIVOS – Diminuir as perdas de animais jovens (bezerros) no PROJETO IPE, buscando uma maior rentabilidade com os bezerros de corte (filhos de vacas leiteiras) e com as bezerras leiteiras (para reposição de plantel).

INTRODUÇÃO – É de conhecimento teórico e na prática atual do PROJETO IPE que a perda de animais jovens (bezerros) acarreta váriosprejuízos para o PROJETO. Observa-se na prática que a grande maioria, algo em torno de 75% dos bezerros em óbitos na propriedade estavam com idade entre 0 (zero) e 28 (vinte e oito) dias, no chamado período neonatal.

Os pontos mais importantes e críticos encontrados na atualidade e que necessitam de análise, revisão e mudanças são:

1- As raças a serem trabalhadas de acordo com a estruturafísica e manejo da propriedade;
2- Instalações (maternidade e bezerreiros)
3- Pré-natal;
4- Momento do parto;
5- Fornecimento do colostro
6- A cura do umbigo
7- Dieta líquida;
8- Desenvolvimento do rumem;
9- Diarréias e fluidoterapia;
10- Pós-parto;
11- Manejo nas primeiras semanas de vida;
12- Vacinações.

A observação destes pontos demonstra que énecessária a integração do manejo da alimentação e do ambiente para obtenção de bezerros saudáveis. Com um manejo e esquema de alimentação adequado é possível minimizar a mortalidade e as perdas de bezerros e aumentar a lucratividade com a reposição de bezerros. Trataremos de todos estes pontos de forma sugestiva para o PROJETO IPE.

1- Alteração das raças dos TOUROS no plantel:

A sugestãoinicial é de se trabalhar com 2 (duas) raças de touros distintas, sendo um reprodutor NELORE LA (de coloração branca ou fumaça, de excelente padrão racial, e que de preferência apresente um temperamento excelente. Animal este a ser adquirido) e um reprodutor da raça GIR LEITEIRO PO (animal este que já se encontra na propriedade, nome de registro: “ESPANHOL DA GENIPAPO” cuja procedência é conhecidasendo sua mãe Inês de produção superior a 6.000 kg de leite em 300 dias e seu pai C. A. SANSÃO, touro número 1 (um) pra leite no ranking Nacional por 5 anos consecutivos). Estes animais serão trabalhados em rodízio entre grupos de vacas em lactação e grupo de vacas e novilhas solteiras, onde neste rodízio será observada a data prevista de parto, ou seja, o animal da raça NELORE estará junto àsvacas leiteiras (local de maior trabalho de cobertura) nos meses de JANEIRO A JUNHO, para que seus produtos venham a nascer entre os meses de OUTUBRO E MARÇO (período de chuvas que requer maiores resistências nos bezerros, e a raça NELORE apresenta esta característica). Nos meses de JULHO A DEZEMBRO o animal que estará junto às vacas leiteiras será o animal GIR LEITEIRO, com o objetivo de com asBEZERRAS PRODUZIDAS se formar matrizes de reposição e com os BEZERROS rendas que serão entradas com as vendas para recira. Este rodízio acontecerá de forma que enquanto o NELORE estiver com as vacas leiteiras o GIR LEITEIRO estará com as solteiras e novilhas, e vice-versa.

[pic]
Foto: Espanhol da Genipapo – TOURO GIR PO

[pic]
Foto: Touro Nelore LA

2- Pré – natal:

[pic]Primeiramente implantaremos o CONTROLE DE DATAS DAS COBERTURAS das matrizes em lactação, sendo nesta marcação citados os números dos animais. Uma vez tendo estas anotações poderemos determinar as datas previstas de partos, afinal os cuidados com bezerros começam com a vaca gestante.
Para os animais que não tiveram a cobertura anotada, por enquanto isto acontecerá no chamado GADOSOLTEIRO, utilizaremos da experiência para determinar a provável data do parto.
A grande importância de se conhecer esta data e que nesta fase, além das exigências oriundas das atividades reprodutivas serem altas, o que aumenta as necessidades nutricionais da vaca, o feto ocupa grande parte da cavidade abdominal, limitando a quantidade de volumosos que esta poderia ingerir. Será necessário...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Manejo em bezerros
  • Manejo de Bezerros
  • Doenças em Bezerros
  • Suplementação de bezerros
  • criacao
  • Criação
  • A Criação
  • A criação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!