Crecimento populacional em angola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1706 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Em relação ao censo populacional, qual é a situação real de Angola neste momento?
KN – Há anos que Angola não faz censo populacional. O último censo foi realizado em 1970. Logo, não temos um número exacto de quantas pessoas existem em Angola. Mas, segundo estimativas, o número deve rondar os 19-20 milhões de habitantes. Este valor não é seguro, devido à migração, mortes e nascimentos que não sãoreportados. Para se calcular a população de um país deve-se ter em conta a população actual mais as pessoas que são nascidas, menos os mortos e mais ou menos a migração.

JA – Qual é o ritmo de crescimento da população em Angola?
KN - Um problema que ao mesmo tempo pode ser uma vantagem é o elevado ritmo de crescimento da população angolana. O elevado ritmo condiciona a estrutura etária daprópria população. Temos por isso uma população bastante jovem, que acarreta elevados custos, porque todas essas despesas acabam até certo ponto por condicionar o desenvolvimento do país. Aquilo que se poderia investir em meios de produção é encaminhado para a educação e saúde das crianças e jovens.

JA - Quais são as perspectivas para este ano?
KN - As nossas perspectivas para este ano são nosentido de alargamento das nossas actividades a nível nacional. Antes trabalhávamos apenas nas províncias de Luanda, Benguela e Huíla. Agora – durante este ano, já estamos no Uíge e Cunene. Estamos a trabalhar com o Ministério da Família e Promoção da Mulher para que se desenvolva em Angola uma política nacional de género.É muito importante termos essa política, a fim de que a igualdade de género sejaassegurada, porque tanto homens como mulheres têm os mesmos direitos.

as demográficas e sócioeconómicas
População (número) * 2005 16,1
População (taxa de crescimento anual) * (%) 2005 2,9
superfície ** Por Km2 1246700
A densidade populacional ** Por Km2 13
População com 15 anos * % 2005 46,4
População urbana * % 2005 53,3
Taxa de fertilidade total (pormulher) **
(%)
2004 6.7
O rendimento nacional bruto per capita ** 2006 1980
População que vive abaixo da linha da
pobreza **
% 2004
68
O estado da saúde - estatística de
Mortalidade
Esperança de vida à nascença (anos) * Ambos
os sexos
2005 41
Taxa de mortalidade por 1000 nascidos
vivos em < de 5 anos *
Ambos
os sexos
2005 260
Taxa de mortalidadeinfantil (por 1000
nascidos vivos) *
Ambos
os sexos
2005 154
Taxa de mortalidade neonatal (por 1000
nados vivos) **
Ambos
os sexos
2004 54
A mortalidade materna ratio (por 100 000
nascidos vivos)
Feminino 2005 1400
Prevalência do VIH entre os adultos (15-
49) (%)**
Ambos
os sexos
2003 3,9
Prevalência da tuberculose (por 100 000
habitantes) **
Ambosos sexos
2004 310
Incidência da tuberculose (por 100 000
habitantes) ** Ambos
os sexos 2004 259
Número de casos confirmados de
poliomielite ** Ambos
os sexos 2005 10
Comportamento e os factores de risco
ambientais

% População usando um saneamento * 2004 31
% População usando fonte de
abastecimento de água melhorado *
2004 53
Cobertura dos serviços desaúde
Imunização em < 1 ano de idade (%) Sarampo 2007 79
DTP3 2007 67
Cobertura da Terapia anti-retroviral (%)** 2005 6
Taxa de detecção da TB sob DOTS (%)** 2004 94
Estatística do Sistema de Saúde
As despesas totais em saúde em% do
produto interno bruto **
2003 2,8
Despesa geral do Governo em saúde % do
total das despesas de saúde **
2003 84,2Despesas privadas em saúde % do total
das despesas de saúde
2003 15,8
Despesa públicas em saúde % do total das
despesas públicas **
2003 5,3
Médicos (por 1000 habitantes) ** 2004 0,077
Enfermeiros (por 1000 habitantes) ** 2004 1,19
Fonte : * Relatório de Desenvolvimento Humano PNUD 2007-2008 e ** Relatório
da Estatística Mundial da Saúde 2006 http://www.who.int/whosis/en/...
tracking img