Crack

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1059 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































RESUMO


1 INTRODUÇÃO----------------------------------------------------5
2 DESENVOLVIMENTO--------------------------------------------------6
2.1 O CRACK EM NOSSA SOCIEDADE
2.2 A DESIGUALDADE SOCIAL
2.3EFEITOS E CONSEQUÊNCIA DO USO DO CRACK
2.3.1 NA VIDA SOCIAL
2.3.2 NEUROLÓGICO E PSICOLÓGICO
2.3.3 O PAPEL DA FAMÍLIA E DA SOCIEDADE NA REINTEGRAÇÃO SOCIAL
3 CONCLUSÃO------------------------------------------------8
4 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICAS------------------------------------9






RESUMO

A substância chamada crack é a droga de maior consumo no Brasil. Os efeitos nocivos destadroga causa a perda progressiva das capacidades cognitivas e comportamentais do usuário, causando um grande impacto nas relações sociais e familiares do indivíduo. O vício pelo o crack é um assunto que vem sendo discutido em todo o Brasil, por toda a sociedade e em todas as suas instâncias. O tratamento do viciado não se faz com repressão policial, e sim com a reintegração do usuário na sociedade.INTRODUÇÃO




Esse trabalho tem por objetivo de nos levar a refletir sobre qual será o nosso trabalho como Assistente Social, frente ao uso e abuso de drogas em nossa sociedade, mais especificadamente o crack. Substância altamente tóxica que distroe a vida de famílias inteiras. O uso e o abuso do crack é um problema social bastante complexo, que deve ser debatido pois envolvevários fatores.

DESENVOLVIMENTO

O crack em nossa sociedade
O uso do crack, abre discursão em todo o país. Pois esse é um assunto que se tornou cada dia mais urgente. Levado constantemente em debates pelos meios de comunicação em todos os setores organizados da sociedade, na tentativa de buscar soluções para o problema, que hoje não atinge as classes mais baixas dasociedade.
No Brasil, a droga chegou no início da década de 1990 e se disseminou inicialmente em vírus da Aids, que se tornou epidemia na época.São Paulo. “O consumo do crack se alastrou no País por ser uma droga de custo mais baixo que o cloridrato de coca, a cocaína refinada (em pó). Para produzir o crack, os traficantes utilizam menos produtos químicos para fabricação, oque a torna mais barata", explica Oslain Santana, diretor de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal.
Hoje, a droga está presente nos principais centros urbanos do País. Os dados mais recentes sobre o consumo do crack estão sendo coletados e indicarão as principais regiões afetadas, bem como o perfil do usuário. Segundo, no entanto,pesquisa domiciliar realizada pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas – SENAD, em parceria com o Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid) em 2005, 0,1% da população brasileira consumia a droga.






A Desigualdade Social
A desigualdade social hoje é tida como base na segregação das populações de camadas sociais mais pobres dasociedade. A situação de exclusão de pessoas que vem á margem da desugualdade é historicamente conhecida pela forma com que os centros urbanos se organizaram e continuam se organizando. Isso por que ao longo da história o processo de urbanização das cidades se encarregou de deixar as pessoas que não tinha um alto poder aquisitivo a margem da exclusão social.




Efeitos e Consequência doUso do Crack


Na vida Social
O uso do crack tende a fragilizar todas as pessoas que fazem parte da vida do dependente e sentimentos como desespero, angústia e medo acabam por permear as relações familiares. Diante da droga, muitas famílias acabam se escondendo e se culpando, pois têm de enfrentar mais problemas do que aqueles que já estão habituados a encarar. É um...
tracking img