Crack

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2569 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMARIO


Conteúdo
O uso do crack não é um problema social restrito ás metrópoles 2
A representação social do uso do crack na sociedade 2
A relação urbanização x população 2
Os diferentes momentos de expansão urbana no Brasil 2
O assistente social diante da drogatização 2
As consequências emocionais/afetivas do dependente químico e de seus familiares 2
O papel da família no processo deestruturação emocional/afetivo do dependente químico 2
Conclusâo 2
Bibliografia 2













INTRODUÇÂO
Crack um breve histórico
O crack surgiu nos Estados Unidos na década de 1980. O baixo preço da droga e a possibilidade de fabricação caseira atraíram consumidores que não podiam comprar drogas mais caras. O crack atraiu mais os jovens pelo custo da droga que viram no crackuma opção com efeitos igualmente intensos de drogas injetáveis, porém sem risco de contaminação pelo vírus da Aids, que se tornou epidemia na época.
A droga chegou ao Brasil no início da década de 1990 e popularizou-se inicialmente em São Paulo. Para produzir o crack, os traficantes utilizam menos produtos químicos para fabricação, tornando a droga mais barata.
Para popularizar o crack e aqueceras vendas, os traficantes esgotavam as reservas de outras drogas nos pontos de distribuição, disponibilizando apenas as pedras. Logo, diante da falta de alternativas, os usuários foram obrigados a optar e aderir ao uso. Hoje, a droga está presente nos principais centros urbanos do País. Segundo, no entanto, pesquisa domiciliar realizada pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas – SENAD,em 2005, 0,1% da população brasileira consumia a droga.
Curiosidade pela experiência, influência do meio e de questões psicológicas e sociais são algumas situações que podem levar ao consumo do crack. Droga de efeito rápido e intenso, o crack leva o usuário rapidamente à dependência e, por isso, é fundamental prevenir o seu consumo.
O uso do crack pode prejudicar as habilidades cognitivas(inteligência) envolvidas especialmente com a função executiva e com a atenção. Este comprometimento altera a capacidade de solução de problemas, a flexibilidade mental e a velocidade de processamento de informações.
O consumo do crack pode causar impactos profundos nas relações sociais e familiares do usuário. Toda a dinâmica familiar e social é afetada por esse comportamento, fragilizando osrelacionamentos. O uso do crack tende a fragilizar todas as pessoas que fazem parte da vida do dependente e sentimentos como desespero, angústia e medo acabam por permear as relações familiares. 


O comprometimento da concentração e da memória em função do consumo do crack, a agressividade, muitas vezes associada ao uso da droga, assim como a fissura e a sensação de incapacidade física do usuárioprejudicam a permanência na escola.
A perda progressiva das capacidades cognitivas e comportamentais também tem reflexos diretos na vida profissional do dependente de crack. Com baixa produtividade e dificuldade para estabelecer relacionamentos estáveis, a perda do emprego é uma consequência natural.
Os efeitos do uso do crack durante a gestação e fragilizam a evolução do feto. Crianças eadolescentes que fazem uso contínuo de crack podem ter o desenvolvimento cerebral comprometido, com impacto direto na capacidade cognitiva. Usuários crônicos que estão em fase de desenvolvimento ainda podem apresentar distúrbios de conduta, transtornos afetivos e alimentares, além de transtornos ansiosos como fobia social e quadros de estresse. Sintomas do Transtorno de Deficit de Atenção/Hiperatividade(TDAH) são frequentes em usuários de substâncias psicoativas, como o crack, assim como problemas de autonomia e habilidade para estabelecer relações interpessoais. Por não terem meios próprios para conseguir dinheiro, crianças e adolescentes também estão mais suscetíveis a adotarem atitudes de risco para comprar a droga, sendo submetidos à exploração sexual comercial, em relações desprotegidas....
tracking img