Cpc 01

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 67 (16638 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS
PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 01
REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL DE ATIVOS

Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade – IAS 36 (IASB)

PRONUNCIAMENTO
Conteúdo

Item

OBJETIVO

1

ALCANCE

2 –4

DEFINIÇÕES

5

IDENTIFICAÇÃO DE UM ATIVO QUE PODE ESTAR DESVALORIZADO

6 – 15

MENSURAÇÃO DO VALOR RECUPERÁVEL

16 - 55

Mensuraçãodo Valor Recuperável de um ativo intangível com vida útil indefinida

22

Valor líquido de venda

23 – 27

Valor em Uso

28 – 55

Base para Estimativas de Fluxos de Caixa Futuros

31 – 36

Composição de Estimativas de Fluxos de Caixa Futuros

37 – 51

Fluxos de Caixa Futuros em Moeda Estrangeira

52

Taxa ou Taxas de Desconto

53 – 55

RECONHECIMENTO E MENSURAÇÃO DE UMAPERDA POR
DESVALORIZAÇÃO

56 – 61

UNIDADES GERADORAS DE CAIXA

62 – 103

Identificação da Unidade Geradora de Caixa à Qual um Ativo Pertence

63 – 70

Valor Recuperável e Valor Contábil de uma Unidade Geradora de Caixa

71 – 76

Ágio em decorrência de expectativa de resultados futuros (goodwill)

77 – 95

Alocação do Ágio (goodwill) para Unidades Geradoras de Caixa

77 – 83Realização de Testes em Unidades Geradoras de caixa com Ágio (goodwill) para 84 – 86
Redução ao valor recuperável
Participação Minoritária (não controladores)

87 – 91

Momentos dos Testes de Redução ao valor recuperável

92 – 95

Ativos Corporativos

86 – 98

Desvalorização em uma Unidade Geradora de Caixa

99 – 103

REVERSÃO DE UMA PERDA POR DESVALORIZAÇÃO

104 – 120Reversão de uma Perda por Desvalorização para um Item do Ativo

112 – 116

Reversão de uma Perda por Desvalorização para uma Unidade Geradora de Caixa

117 – 118

Reversão de uma Perda por Desvalorização do Ágio Pago por Expectativa de 119 – 120
Resultado Futuro (goodwill)
DIVULGAÇÃO

121 – 130

Divulgação de estimativas utilizadas para mensurar o valor recuperável das
unidadesgeradoras de caixa contendo ágio (goodwill) ou ativo intangível com vida 128 – 130
útil indefinida
131
DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS
ANEXO

2

Objetivo
1

O objetivo deste Pronunciamento Técnico é definir procedimentos visando a assegurar
que os ativos não estejam registrados contabilmente por um valor superior àquele
passível de ser recuperado por uso ou por venda. Caso existam evidênciasclaras de
que ativos estão avaliados por valor não recuperável no futuro, a entidade deverá
imediatamente reconhecer a desvalorização por meio da constituição de provisão para
perdas. O Pronunciamento também define quando a entidade deve reverter referidas
perdas e quais divulgações são necessárias.

Alcance
2

Este Pronunciamento é de natureza geral e se aplica a todos os ativos relevantesrelacionados às atividades industriais, comerciais, agropecuárias, minerais,
financeiras, de serviços e outras. Estende-se aos ativos dos balanços utilizados para
equivalência patrimonial e consolidação total ou proporcional.

3

No caso de Pronunciamento específico que se refira a caso particular, prevalece o
conteúdo desse Pronunciamento específico.

4

Este Pronunciamento aplica-setambém a ativos que são registrados pelo valor
reavaliado. Entretanto, a identificação de como um valor reavaliado pode estar com
parcela não recuperável depende da base usada para determinar esse valor:
(a) se o valor reavaliado do ativo é seu valor de mercado, a única diferença entre
seu valor reavaliado e seu valor líquido de venda é a despesa direta
incremental para se desfazer do ativo;(i) se as despesas para a baixa são insignificantes, o valor recuperável do ativo
reavaliado é necessariamente próximo a (ou pouco maior do que) seu valor
reavaliado; nesse caso, depois de serem aplicadas as determinações para
contabilizar a reavaliação, é improvável que o ativo reavaliado não seja
recuperável e, portanto, o valor recuperável não precisa ser estimado; e
(ii) se as...
tracking img