Cosmeticos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1479 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Um mulher apaixonada por cosméticos
por Lúcio Lambranho
| |


Cristiana Arcangeli é um ícone na indústria brasileira de cosméticos desde que fundou a Phytoervas. Hoje, mesmo depois de vender sua marca, ela mostra que a paixão pelo ramo que motivou o começo de suatrajetória empreendedora está longe de acabar

[[F581 D]]Num país cada vez mais dominado pela força das mulheres no mercado de trabalho, Cristiana Arcangeli pode ser considerada um ícone feminino do empreendedorismo em nosso país. Desde que deixou, há 17 anos, a odontologia com especialização em endodontia para criar a marca de cosméticos Phytoervas, Cristiana não parou mais. Atualmente, além decomandar a PH Arcangeli, que distribui marcas internacionais como Donna Karan e Chanel através de uma rede de oito lojas próprias, e a Phytá Cosméticos, a empresária se tornou fenômeno multimídia. Há quase dez anos tem um programa na Rádio Eldorado em São Paulo, escreve para a revista Vogue e mais recentemente criou o Manual, um programa de TV dirigido por Nilton Travesso na Rede TV. Antes dissotudo, Cristiana também inovou para promover sua marca e criou o Phytoervas Fashion, um dos eventos mais consagrados da moda brasileira, que teve a função de descobrir novos talentos no cenário nacional.

Nesta entrevista, a empreendedora diz que está arrependida de ter vendido a marca Phytoervas em 1998 para o grupo americano Bristol-Myers Squibb e conta como foi sua trajetória num período degrandes transformações econômicas no país e de que maneira ela conseguiu superar isso sem grandes turbulências na sua empresa. Um dos motivos desse sucesso, segundo ela, foi o fato de ser pioneira no Brasil, principalmente por não utilizar animais em seus estudos, e também por produzir xampu sem sal e lançar a primeira linha de produtos naturais no canal tradicional de vendas, tornando-se logo emseguida líder no seu segmento.

Empreendedor – Por que você decidiu vender a marca Phytoervas?
Cristiana Arcangeli – Vendi a marca Phytoervas há cinco anos e durante três anos eles tentaram fazer propostas. Financeiramente foi bom, mas para a marca não. Isso porque a marca realmente estacionou depois da venda e não foi feito nada. Hoje eu acho que não venderia e teria feito diferente. Mas não davapara continuar tocando a marca sem ser a dona. Isso porque cada um é cada um e tem seu estilo de gerenciar o negócio. Hoje tenho a distribuição de oito marcas importadas, com exclusividade no Brasil.

Empreendedor – Que fatos motivaram a criação da Phytoervas? Como tudo começou, desde a formação da idéia original até a fundação da empresa propriamente dita?
Cristiana – O que motivou a criaçãoda empresa foi minha grande paixão por cosméticos. Eu tinha parado de trabalhar no consultório de odontologia quando nasceu minha filha. Nesse momento eu também já tinha conseguido superar todos os desafios que eu tinha me proposto, pois subi muito rápido na carreira de dentista. Sempre gostei de cosméticos e resolvi que tinha de fazer outras coisas. Foi então que comecei a trabalhar uma linha deforma caseira e artesanal. Eu contratei uma química e iniciei com esses estudos num laboratório montado dentro da concessionária que o meu ex-marido tinha. Nesse local começou tudo. Depois achei uma antiga fábrica de cosméticos inoperante que um pai tinha montado para sua filha. Eles tinham os registros no Ministério da Saúde, mas a fábrica estava sem produtos à venda ainda. Eu comprei deles essasautorizações e assim começou o Phytoervas.

Empreendedor – Quais foram as principais dificuldades encontradas para montar a empresa naquela época?
Cristiana – Definitivamente a instabilidade econômica do país. Passei por cinco planos econômicas e várias mudanças de moeda. Mas depois disso conseguimos resolver os problemas e as coisas começaram a andar. Em julho de 1986 o trabalho começou de...
tracking img