Corrosao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1005 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

A corrosão dos metais é um processo no qual o metal em questão é deteriorado por meio de reações de oxirredução entre ele e os agentes com os quais entra em contato. No experimento em questão, será abordada a corrosão do ferro, bem como algumas formas de proteção deste metal.
Estruturas de edifícios, carros e pontes, por exemplo, ficam expostas a agentes naturais como a água e ooxigênio do ar, sofrendo inúmeros danos relacionados à corrosão dos metais presentes em sua constituição. Grandes quantidades de metais perdidas precisam ser repostas anualmente, gerando prejuízos econômicos e sociais.
O ferro, ao entrar em contato com a água, forma o composto Fe2O3, popularmente chamado de ferrugem, a qual vai se soltando da superfície do metal, expondo-o cada vez mais à açãode agentes naturais. Como a corrosão prossegue até que a peça seja totalmente deteriorada, foram desenvolvidos métodos de proteção como o que será abordado a seguir, a proteção anódica e catódica.
A proteção catódica consiste em tornar o metal a ser protegido em cátodo de uma célula eletroquímica, forçando uma polarização catódica. Este método geralmente é utilizado em estruturas submersas, jáque necessita de um eletrólito contínuo, o que não se encontra na atmosfera. Já a proteção anódica é um método de aumento da resistência à corrosão, aplicando uma corrente anódica na estrutura que se deseja proteger.

Objetivo

O objetivo do experimento em questão é observar a corrosão do ferro imerso em solução gelatinosa de agar agar com água, assim como investigar a proteção desseatravés de processos chamados proteção catódica e anódica.

Método

Material utilizado:
* 3 placas de Petri
* 200 mL de água destilada
* 2g de agar agar
* 5 pregos de ferro limpos e retos, 1 prego torto
* 2 fios de cobre
* 1 fita de magnésio
* zinco em pó
* solução 0,1% de fenolftaleína
* ferrocianato de potássio 0,1M

Primeiramente foram aquecidos 200 mLde água até a temperatura de 80ºC, aos quais foram adicionados 2,00 g de agar agar lentamente, junto com 6 gotas de fenolftaleína e 10 gotas de ferrocianato de potássio. A mistura foi retirada do aquecimento até que atingisse a temperatura de 40ºC.
A seguir, os pregos foram dispostos da seguinte forma nas placas:
Placa 1: um prego limpo foi colocado ao lado de um prego torto.
Placa 2: Umterceiro prego foi enrolado com fio de cobre e colocado ao lado de outro prego, este coberto com pó de zinco em uma das extremidades.
Placa 3: Um prego limpo foi unido à fita de magnésio através de um fio de cobre.
Enquanto a solução de agar-agar permanecia ainda fluida, a 40ºC, esta foi cuidadosamente colocada nas 3 placas, cobrindo todos os pregos e materiais em contato com eles.
Após 24 horasas placas foram observadas, e os resultados obtidos serão descritos a seguir.


Resultados


Na placa 1- O prego normal a solução ficou ligeiramente amarelada apresentando maior corrosão nas extremidades.

No prego torto foi observada a formação de ferrugem em toda sua extensão, devido à área de contato ser modificada, alterando o arranjo cristalino e deixando o metal maisexposto.


Na placa 2 - O terceiro prego, foi enrolado por fio de cobre no meio do prego, em que observou-se que a coloração ficou azul na extremidade do ferro indicando a libertação de iões ferro para o meio (oxidação do ferro - zona anódica) e rosa perto do cobre, o que indica a libertação de iões hidróxido para o meio (redução do oxigénio - zona catódica), devido à presença do cobre, logo o ferroé corroído mais rapidamente por sacrifício.

No entanto o prego coberto de pó de zinco a Solução ficou incolor. O zinco apresentava um depósito ligeiramente cinzento escuro.
O fato de o zinco estar abaixo do ferro na série eletroquímica, faz com que este funcione como um metal de sacrifício, por oxidar no lugar do ferro. Logo, a corrosão não se torna mais uma ameaça ao ferro.
A corrosão é...
tracking img