Corrosão

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1105 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CORROSÃO

Curitiba
2011

Corrosão de metais
A corrosão é um processo eletroquímico, que costuma ser classificado como uma oxidação do metal por agentes naturais. A temperatura e a concentração dos reagentes afetam as reações de corrosão.
A maioria dos metais oxida na presença do ar, e tal fenômeno pode ser explicado pelo fato desses metais possuírem menor potencial de redução que ooxigênio.
Em vários metais, a corrosão não é muito intensa devido à formação de uma película protetora. É o caso, por exemplo, do alumínio, do zinco, do chumbo e do cobre.

Tipos de Corrosão

Existem vários tipos de corrosão segue abaixo alguns deles e suas características:

1. Corrosão Uniforme
• Ataque de toda a superfície metálica.
• Diminuição da espessura.
• Formação de pilhas deação local.
• Desgaste de fácil acompanhamento.
• Leva a falhas significativas do equipamento.

2. Corrosão por Pites
• Localizada, com formação de cavidades de pequena extensão e razoável profundidade.
• Característica de materiais metálicos formadores de películas protetoras (passiváveis).
• Pilha ativa-passiva, com rompimento da camada passiva.
• Pequena área anódica e grande área catódica.• Difícil acompanhamento.

3. Corrosão por Concentração Diferencial

3.1. Corrosão por concentração iônica diferencial
• Pilhas de concentração iônica diferencial.
• Ânodo – área com menor concentração.
• Cátodo – área com maior concentração.

3.2. Corrosão por aeração diferencial
• Pilhas de aeração diferencial.
• Ânodo – área com menor concentração.
• Cátodo – área com maiorconcentração.
• Interface de saída de uma estrutura do solo ou da água para a atmosfera.

3.3. Corrosão em frestas
• Pilhas de aeração diferencial (meio gasoso) e de concentração iônica diferencial (meio líquido).
• Juntas soldadas com chapas superpostas, juntas rebitadas, ligações roscadas, revestimentos com chapas aparafusadas.
• Evitar frestas.

3.4. Corrosão filiforme
• Filmes derevestimentos, especialmente tintas.
• Pilha de aeração diferencial provocada por defeito no filme de pintura.

4. Corrosão Galvânica
• Pilhas de eletrodos diferentes.
• Maior ddp, maior corrosão.
• Menor relação entre área catódica e anódica => desgaste menor e mais uniforme da área anódica.
• Presença de íons metálicos (de materiais mais catódicos) no eletrólito => oxidação do metal, devido àredução destes íons.

5. Corrosão Seletiva
• Formação de par galvânico devido a grande diferença de nobreza entre dois elementos de uma liga metálica.

5.1. Corrosão grafítica
• Ferros fundidos cinzentos e ferro nodular, usados em tubulações de água, de esgoto, drenagem.
• Grafite é mais catódico que o ferro.
• Revestimento interno com argamassa de cimento.

5.2. Corrosão por dezincificação
•Ligas de zinco, especialmente latões com alto teor de zinco, sendo o zinco o material mais anódico.
• Tratamento térmico de solubilização da liga, ou uso de ligas com elementos inibidores como As e Sb.

6. Corrosão associada ao escoamento de Fluidos
• Aceleração dos processos corrosivos devido à associação do efeito mecânico com a ação corrosiva.

6.1. Corrosão-erosão
• Erosão – desgastemecânico provocado pela abrasão superficial de uma substância sólida, líquida ou gasosa.
• Desgaste maior do que se apenas o processo corrosivo ou erosivo agisse isoladamente.
• Tubulações, permutadores, pás de turbina.

6.2. Corrosão com cavitação
• Cavitação – desgaste provocado em uma superfície metálica devido a ondas de choque do líquido, oriundas do colapso de bolhas gasosas.
• Cavitaçãosurge em zonas de baixa pressão onde o líquido entra em ebulição formando bolhas (de vapor do líquido), as quais ao tomarem contato com zonas de pressão mais alta são destruídas criando ondas de choque no líquido.

6.3. Corrosão por turbulência
• Processo corrosivo associado ao fluxo turbulento de um líquido. Ocorre particularmente quando há redução na área de fluxo.
• Aparecimento de...
tracking img