Corridas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 46 (11442 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ATLETISMO
CORRIDAS

Fases da Corrida
Considerando que a corrida é uma sucessão de saltos, podemos distinguir na sua ação 4 fases bem definidas, que dependendo da amplitude e da freqüência das passadas resultará numa performace adequada à distância a ser percorrida.

DESCRIÇÃO TÉCNICA 1 – Contato 2 – Apoio 3 – Impulsão 4 – Suspensão

1 – Contato A perna se adianta, buscando o solo deforma natural, sem contrações e semiflexionada. Em corridas de velocidade, na técnica circular é um erro acentuar a ação da perna para frente a fim de ganhar distância, pois com isso o atrito com o solo aumenta e a velocidade diminui a cada contato. Na recuperação da velocidade, fazemos com que o cansaço se instale prematuramente. 2 – Apoio Inicia-se com a tomada de contato com o solo, variando naforma de acordo com a velocidade da corrida. Complementa-se com uma ligeira flexão de joelhos amortecendo a queda e preparando a próxima impulsão, enquanto a perna livre avança flexionada até ultrapassar a perna de apoio e o centro de gravidade. Finda-se esta fase com o início da extensão da perna de apoio e simultânea elevação da perna livre. 3 – Impulsão O pé e a perna de impulso (apoio) seestendem depois que a vertical que passa pelo centro de gravidade está adiante do ponto de apoio no solo, deslocando o atleta para frente e para cima, com o auxílio do joelho da perna livre e dos movimentos sincronizados dos braços.

4 – Suspensão Tem início no momento em que o atleta perde contato com o solo, como resultante da ação de impulsão. O centro de gravidade descreve uma parábola, ocorrendouma ligeira desaceleração. Termina com a nova tomada de contato com o solo, completando-se o ciclo.

CORRIDAS
A descrição da técnica das corridas deve ser a consideração de que a boa técnica de correr é a manifestação dos movimentos naturais do ser humano, quando pretende deslocar-se com mais velocidade e por isso, deixa de andar e passa a correr. O sistema de alavancas do corpo funciona commaior amplitude e aparece a fase aérea, isto é, há um momento em que os dois pés não têm contato com o solo. O centro de gravidade adianta-se através de uma inclinação do corpo para frente. A perna de trás estende-se pressionando o solo para trás e para baixo, pela sua ponta. O joelho da perna da frente é levado para frente e para cima, no sentido de ampliar a referida fase aérea. Os braços,elementos essencialmente de equilíbrio, trabalham no sentido antero-posterior em ângulos de mais ou menos 90 graus. O que foi dito é uma generalidade a ser aplicada em qualquer tipo de corrida. As diferenças advindas da variação na velocidade empregada fazem-se notar em função da amplitude em todos os sentidos. Uma corrida mais veloz exige uma inclinação mais acentuada do corpo para frente. O joelholançado à frente adianta-se mais e vai mais acima. O trabalho dos braços é mais amplo. Tudo isto cria um maior desequilíbrio para frente e, com uma freqüência maior na sucessão das passadas, proporciona um deslocamento, evidentemente mais rápido do corpo para frente. Assim, o corredor de 100 metros inclina-se mais e corre com mais ponta de pés, do que o corredor de 10.000 metros. A rigor, não sepoderia falar em aprender a correr. A corrida deveria ser a manifestação em caráter evoluído da forma natural de locomoção do ser humano. Entretanto, o que ocorre é que, o sedentarismo da vida moderna e alguns fatores, tais como, o raquitismo, alguns problemas neuromusculares, roubam a naturalidade dos gestos e o ser humano, em geral, não sabe correr. Pode e deve o mais cedo possível ser orientado nosentido de voltar ao natural. Isso acontecendo, restará o problema do aspecto orgânico que possibilitará maior ou menor rendimento, em proporção à distância a ser percorrida. Como exemplo prático, citamos os 100 metros rasos, que poderão ser corridos no tempo de 10 segundos por um corredor de alto nível ou 16 segundos por uma pessoa sem as condições especiais para melhor rendimento. Em se falando...
tracking img