Correntes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2758 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA
DE TRANSMISSÃO POR
CORRENTE

Disciplina: Elementos de Maquina III
Profº Marco Aurélio Custódio
Componentes: ADRIANO Apº JOAQUIM
EDSON APOLINÁRIO
FERNANDO FERNANDEZ
ALISSON OLIVEIRA


Conteúdo
CORRENTES 3
1.1. História 3
1.2. Introdução 3
1.3. Dimensões 3
N = Número de dentes da roda dentada 4
1.4.Composição 4
1.5. Transmissão 4
1.6. Tipos de correntes 4
1.7. Correntes de rolos 4
1.8. Norma Americana (A.S.A) 4
1.9. Norma Européia (DIN) 5
1.10. Correntes para máquinas agrícolas 5
1.11. Correntes de elos livres 5
1.12. Corrente passo longo 6
1.13. Correntes transportadoras 6
Principais aplicações: 6
1.14. Corrente comum 6
1.15. Corrente de blocos 6
1.16. Fabricaçãodas correntes 7
1.17. CORRENTE BL 7
1.18. CORRENTE MANIVELADA: 7
Vantagem das correntes: 7
Desvantagens das correntes 7
1.19. Engrenagens para correntes 7
1.20. Como medir o desgaste 7
1.21. Número mínimo de dentes: 8
1.22. Número par de dentes 8
1.23. Número máximo de dentes 8
1.24. Número mínimo de dentes em engrenagem 9
1.25. Distância entre centros 9
1.26. Alinhamentodas transmissões 9


CORRENTES

1.1. História
A corrente industrial tem outro nome: corrente de rolos. Na construção de máquinas e equipamentos é um dos elementos de transmissão que tem a maior capacidade de transmitir potência, perdendo apenas para os conjuntos de engrenagem, engrenadas entre si. Mas chega de engenharia!
A imagem ao lado é um rascunho de Leonardo da Vinci, deaproximadamente 1490. Ou seja, ela é tão ou mais velha que o nosso Brasil. E se você observar bem, é praticamente idêntica as atuais.
A placa interna
(1) e a placa externa
(2) são os elementos de ligação, pelos quais a força é transmitida. Estas placas estão montadas em pares. Sobre o pino
(3) temos o rolo
(4). Esta configuração é chamada bushingless.

1.2. Introdução
As correntes transmitem forçae movimento que fazem com que a rotação do eixo ocorra nos sentidos horário e anti-horário. Para isso, as engrenagens devem estar num mesmo plano. A transmissão por corrente de rolo é um meio altamente eficiente e versátil para transmitir potência mecânica em aplicações industriais. Este tipo de transmissão é composto por uma engrenagem motriz, uma ou mais engrenagens movidas e por um lance decorrente
A corrente de rolo é tão flexível como as correias e tão eficiente como as engrenagens de módulos, apresenta satisfatória confiabilidade e facilidade de instalação desde uma simples transmissão industrial até uma sonda para prospecção de petróleo e proporcionam as seguintes vantagens:
* As correntes de rolo não escorregam, ou seja, mantêm constante a relação de transmissão;
*Rendimento da transmissão de 98% se mantém ao longo de toda sua vida útil;
* Versatilidade de operação com eficiência em vários ambientes de trabalho;
* Absorvem choques, sua elasticidade mais a película de óleo entre seus componentes, reduzem os efeitos de choques e impactos;
* Leves e compactas, com menor espaço e peso por potência (C.V.) transmitido;
* Maior durabilidade, pois adistribuição de carga entre os vários dentes da engrenagem garante longa vida útil a corrente;
* Os eixos de sustentação das engrenagens ficam perpendiculares ao plano.
O rendimento da transmissão de força e de movimento vai depender diretamente da posição das engrenagens e do sentido da rotação.

1.3. Dimensões
As principais dimensões de uma corrente de rolo são:
* Passo: distância entre ocentro de dois pinos consecutivos;
* Distância entre placas internas: distância medida entre a face interna das placas do elo interno da corrente;
* Diâmetro externo do rolo;

Onde:
D = Diâmetro da roda dentada.
p = passo da corrente.
(Gama) = ângulo do passo.
N = Número de dentes da roda dentada

1.4. Composição
Uma corrente é formada por elos externos e internos que se repetem...
tracking img