Correntes epistemológicas

Páginas: 5 (1025 palavras) Publicado: 10 de outubro de 2011
CORRENTES EPISTEMOLÓGICAS

Introdução

Idade Moderna (século XV – XIX), a partir do Renascimento (século XV) e do Iluminismo começou-se a estudar a metodologia, abrindo grandes áreas para a Filosofia.

O Iluminismo é um período compreendido ao século XVII e XVIII, e que tem grande influência. O movimento empirista e o racionalista serviram de origem às grandes mutações por que vaipassar a ciência da sabedoria.

Tanto o racionalismo como o empirismo usam a razão. Mas enquanto o primeiro, ao exaltá-la, admite que seja um meio de conhecimento das coisas em si, o empirismo que dela usa e abusa até, limita-a ao conhecimento empírico apenas.

1. Conceito – O que é Empirismo?

Empirismo: “Procedimento ou método baseados na prática ou na experiência” 1.

2.Características do Empirismo

Francis Bacon (Anexo I), praticamente pioneiro procurou mostrar o erro dos métodos racionalistas antigos e a necessidade de interrogar a experiência.

As características do método indutivo, em geral, partem do princípio de que não existem ideias inatas e nem conceitos abstratos. Os princípios iniciais, como a causalidade são associações de ideias convertidase generalizadas sob forma de relações habituais. E, todo conhecimento é limitado aos fenômenos e toda a metafísica, conceituada em seus termos convencionais, é impossível.

2. Hume e Locke

John Locke (Anexo II) nasceu na Inglaterra e foi um grande filósofo, para ele adquirir o conhecimento ocorreria através de experiências e não por deduções. Assim, as experiências científicasdevem ser baseadas na observação do mundo. O empirismo filosófico descarta as explicações baseadas na fé. Opunha-se ao inatismo e afirma que todas as ideias do homem são adquiridas através de um processo psicológico.

Locke acreditava que as pessoas ao nascer eram folhas em branco. As experiências que elas passam ao decorrer da vida é que vão formulando seus conhecimentos e sua personalidade.Defendia também que todos os seres humanos nascem bons, iguais e independentes. Desta forma é a sociedade a responsável pela formação do indivíduo.

David Hume (Anexo III) é escocês, também empirista. Baseado em Locke desenvolve sua tese, que basicamente é sintetizada ao nascer de uma criança, que quando chega ao mundo tem os primeiros contatos com percepções e sentimentos, ou seja, a recémnascida tem impressões. Com o tempo as impressões deixam somente os sentidos e concretizam na pessoa a ideia. Esta teoria é denominada empirismo psicológico, que gera o empirismo lógico. Hume é considerado o único empirista até então que compreende a análise irracional das noções de experiência.

3. Conceito – O que é Racionalismo?

Racionalismo: “Sistema filosófico que considera arazão como a única fonte de conhecimento. Tendência a dar prioridade à razão sobre outras capacidades humanas como o sentimento, a emoção ou a intuição” 2.

4. Características do Racionalismo

A dedução é considerada uma ligação de intuições. Com nexo ela é consequencia entre ideias consideradas comuns e suas conexões entre si. Permitindo assim, a construção de relação com a verdade,transformando o método intuitivo em conclusão. Partindo disto, é necessário partir de verdades evidentes para depois, dedutivamente, descobrir todas as outras ainda não conhecidas e, assim, alcançar o conhecimento verdadeiro.

2. Descartes e Leibniz

 René Descartes (Anexo IV) é fundamental para o racionalismo. Afirmava que existiam ideias decorrentes de sentidos, imaginação ou até mesmopresentes em nossa memória. Ele confia principalmente na razão, fonte de todo o conhecimento seguro e verdadeiro, faculdade universalmente partilhada, a razão ou bom senso é aquilo que define o homem como homem, o que o distingue dos outros animais.
Quatro regras estabeleceu Descartes para o seu método: 1) “não admitir como verdadeira, coisa alguma que não se saiba com evidência que o é”;...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Correntes Epistemológicas do Direito
  • Analise dos Textos: Correlações Epistemológicas entre as Correntes Teóricas do Desenvolvimento do Conhecimento Humano e As...
  • CORRELAÇÕES EPISTEMOLÓGICAS ENTRE AS CORRENTES TEÓRICAS DO DESENVOLVIMENTO DO CONHECIMENTO HUMANO, OS PARADIGMAS...
  • Concepções epistemológicas
  • Bases epistemologicas
  • corrente
  • corrente
  • Correntes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!