Corpos dopados edvaldo souza couto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6134 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Corpos dopados. Medicalização e vida feliz

Edvaldo Souza Couto[1]


A grande ocupação, e a única que se deve ter, é viver feliz.
Voltaire

1. Boloft, um alvoroço
No palco, uma atriz espanhola, magra, cabelos longos, usando calça justa e blusa que a deixa com a barriga sarada a mostra, exibe suas formas físicas e explica porque vive tão feliz. Ela diz que está muito bem, plena de simesma. Não necessita de companhia, está tranqüila. E por quê? Porque faz exercícios corporais todos os dias e toma Boloft. Boloft é um medicamento que levanta o ânimo, pois promove o equilíbrio químico natural entre as células nervosas do cérebro. Isto é que faz uma pessoa se sentir esplêndida, cheia de contentamento.
Porém, como todos os medicamentos, explica a personagem, Boloft tem pequenosefeitos colaterais. Os mais frequentemente relatados são: desarranjo intestinal, náusea, tendinite, flatulência, dores de cabeça, insônia, tontura, sarampo, catapora, agressividade, confusão, convulsão, depressão, alucinação, paranóia, falência de órgãos, disfunções sexuais, alergia e febre. Também foram relatados casos isolados de forte tendência suicida. Entretanto, ela está bem, muito linda etarada. Não lhe falta nada.
A personagem termina a cena recomendando que aqueles que desejarem adquirir o fabuloso medicamento devem, ao final, se dirigir à produção do espetáculo[2].

2. Performances farmacêuticas
Dois pares de vitrines de aço inoxidável e vidro, cheias de pílulas de diversos tamanhos e cores que aludem a cada uma das estações do ano. Numa delas, especialmente a que correspondeà primavera, 6.136 comprimidos são alinhados primorosamente com precisão geométrica. Essa peça, criada pelo artista inglês Damien Hirst, em 2002, integra a série conceitual Quatro estações e foi vendida, em 2007, por 19,1 milhões de dólares. Tal sucesso comercial marcou um recorde histórico em um leilão da loja Sothebys. Hirst passou a ser considerado o artista vivo mais bem cotado do mundo.
Emoutra instalação, Pharmaceuticals, também de 2002, o artista criou uma farmácia, inicialmente mostrada na Cohen Gallery, em New York. Nas estantes, com frentes em vidro, muito comuns em laboratórios e hospitais, ordenou diversos produtos farmacêuticos. Nessas prateleiras, os medicamentos foram arrumados de acordo com um modelo de corpo. Os que ficam no alto são para a cabeça, os dispostos no meiosão para o estômago e os localizados embaixo são para tratar doenças nos pés. No balcão, quatro boticários, garrafas de vidro preenchidas com líquido colorido, representam os quatro elementos: terra, água, ar e fogo; uma curiosa referência a antigas práticas de tratamento e cura do corpo. O balcão tem três divisórias e cada uma delas é coberta com materiais de escritório, artigos de papelaria. Trêscadeiras estão ali disponíveis. Na frente estão footstools, organizadas em torno de um elétrico a partir do teto, um iluminador artificial desses que atraem, embriagam, seduzem e dopam mariposas que se debatem num bailado feliz e caem mortas.
Medicina e drogas são temas recorrentes na obra do artista, uma bem sucedida celebridade nas mídias em geral, como formas de alterar a percepção e aslimitações de uma vida curta. As drogas farmacêuticas, com seus efeitos colaterais, podem ser consideradas alternativas para se escapar das doenças e das dores, para driblar e adiar o máximo possível a, ainda, inevitável morte.
A instalação Pharmaceuticals, com sua clínica e atmosfera asséptica, propõe a conexão entre o laboratório e o hospital com o museu e a galeria. Tanto a medicina quanto a arteparecem fornecer um sistema de crenças que é simultaneamente sedutor e ilusório, pois adormece as nossas dores e nos devolve uma provisória felicidade artificial, mas não nos oferece, de fato, a tão desejada imortalidade. A farmácia é uma alegoria da vida contemporânea, um lugar que, com a promessa sempre celebrada de amenizar ou eliminar as dores, seduz e atrai os homens-mariposas que...
tracking img