corpo humano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (463 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Para facilitar a nossa compreensão sobre o corpo humano, podemos dividi-lo em três partes: cabeça, tronco e membros.



Na cabeça temos a face, formada por olhos, cílios, sobrancelha, nariz,boca (com lábios, dentes e língua), queixo e orelhas; e também o nosso cabelo. Dentro da cabeça, temos o cérebro, que é uma estrutura muito importante para a nossa sobrevivência. Graças a ele podemosaprender diversas coisas, como uma nova matéria da escola, e também andar, falar, nos equilibrar, dentre outros exemplos.

No tronco temos o pescoço, o tórax (a região em que fica o peito), o abdome(onde está localizada a barriga) e as costas. A garganta, o coração, os pulmões, o estômago, o fígado, os rins, a bexiga, os intestinos e alguns outros órgãos são encontrados no tronco.



Quantoaos membros, temos os:

- Membros superiores, formados pelos braços, antebraços, mãos e cinco dedos;
- Membros inferiores, formados pela coxa, perna, pé e calcanhar e cinco dedos.

Na ponta dosdedos, temos as unhas. Elas nos ajudam a pegar objetos, e também protegem essa região. Por outro lado, podem acumular sujeira e machucar a nós mesmos ou outras pessoas ou animais de estimação. Assim,é importante que as unhas estejam sempre limpas e bem aparadas.

Graças aos membros podemos nos locomover, pegar objetos, correr, brincar, abraçar, e executar outras infinitas ações.



Há pessoasque não possuem uma ou outra parte do corpo. Algumas já nasceram assim e outras, por algum acidente ou problema de saúde, deixaram de ter tais regiões. Em razão disso, são consideradas deficientesfísicos, ou melhor: portadores de necessidades especiais.

Todos os deficientes físicos merecem o nosso respeito e consideração. Eles devem ter prioridade em filas, vagas de estacionamento reservadas, e oespaço das cidades e demais locais adaptados (como rampas nas calçadas, elevadores, assentos especiais, dentre outros). Devemos respeitar esses espaços destinados a eles, já que podem ter mais...