Cordados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5467 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
GENÉSIO DE BEM NETO

INTRODUÇÃO

O por que de montar uma apostila? O primeiro contato que tive sobre esse assunto, aconteceu quando ainda jovem, quando trabalhei na Sintex do Brasil Ind e Com como auxiliar de herpetólogo, o amigo e professor Dr Paulo Dal Farra Jr, o qual me fez entrar em contato com as serpentes brasileiras, e me transmitiu muito do conhecimento que tenho hoje, inclusive atécnica de extração de peçonha destes animais. Também fez nascer em mim a admiração e o respeito por estes sobreviventes de tantos milhares de anos. Com o decorrer dos anos, um grande número de literatura, mais a experiência de recentemente trabalhar com o Dr Stefan Tutzer, herpetólogo do Instituto Serpentes da Colina, despertou em mim o desejo de realizar este trabalho, pois percebemos que quasetoda a literatura ou o que é divulgado a respeito deste assunto, não é feito para as pessoas em geral, mas sim para técnicos ou especialistas no assunto. O intuito desta apostila é transmitir às pessoas, um pouco da experiência e conhecimentos adquiridos, para que possam aprender, entre outras coisas, identificar os animais peçonhentos, e com isso poderem prestar os primeiros socorros necessários àspossíveis vítimas. Tanto servindo às pessoas, como também para proteger os animais – peçonhentos ou não- tão importantes ao meio ambiente, no controle dos roedores, tão nocivos às lavouras, e também as pestes que por eles possam ser propagadas. Se este trabalho resultar na salvação de um indivíduo, já terá alcançado o objetivo.

GBN

Os meus agradecimentos

Aos amigos que transmitiram umpouco do seu conhecimento. Aos amigos que me estimularam no projeto da obra. À minha esposa e companheira Dra Antonia V. de Bem, que tanto estimulou, como auxiliou no trabalho de pesquisa na área de medicina, na pesquisa zootécnica e digitação deste trabalho. A ela vão os meus maiores agradecimentos.

GBN

ÍNDICE

IIIIIIIVVVIVII-

Definição deserpentes................................................................... 1 Espécimes peçonhentos encontrados no Brasil............................. 1 Identificação dos animais peçonhentos......................................... 4 Definição das serpentes por gênero e tipo de veneno................... 7 Acidentes, complicações, tratamento e prognóstico..................... 10 Acidentes causados por serpentes nãopeçonhentas..................... 14 Acidentes causados por serpentes peçonhentas............................ 14

VIII- Primeiros socorros (prontosocorrismo)........................................ 15 IXXXIXIISoroterapia – soros específicos e polivalentes............................. 16 Profilaxia dos acidentes ofídicos................................................. 18 Da captura do animal ou suamorte............................................. 19 Do uso como alimento................................................................. 20

XIII- Folclore........................................................................................ 21 XIV- Uso científico............................................................................... 21XVBibliografia.................................................................................. 23

I-

DEFINIÇÃO DE SERPENTES

Tanatofídio- réptil de sangue frio, desprovido de membros (rastejante), de pálpebras e de aparelho auditivo externo. Enrodilha ou enrola-se para não perder calor, pois seu metabolismo não possui um sistema de controle térmico. Por ter a visão deficiente, as serpentes contam com outros órgãos sensoriais para compensarem estadeficiência, uma delas é a língua bífida ou bifurcada que, com ela sondam o ambiente, captando partículas soltas no ar, levando-as a um orifício situado no palato, chamado órgão de Jacobson, onde é feita a “leitura” ou identificação dessas partículas. Existem mais de 2300 espécies espalhadas pelo mundo. No Brasil, popularmente chamadas de cobras. -Contradição quanto ao nome empregado Há uma contradição...
tracking img