Copa verde

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1845 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO
A sustentabilidade ambiental traduz-se na obtenção de desenvolvimento econômico conjuntamente a preservação do meio ambiente. É um fim a ser atingido e que tem aparecido em todas as discussões sobre os jogos que o Brasil sediará.A utilização de fontes de energias limpas e renováveis, de reaproveitamento de materiais, replantios, adoção de medidas que beneficiem a mobilidade urbana ea redução do consumo de água e energia.
Dentre as primeiras medidas declaradas a serem adotadas estão: certificação de estádios para que tenham o reaproveitamento da chuva, aproveitamento da energia solar, ventilação natural, acessibilidade para pessoas portadoras de qualquer necessidade especial; cidades sustentáveis; mobilidade urbana; e a questão da produção, compras e consumo sustentáveis.Serão privilegiadas também as escolhas sustentáveis na construção,reforma ou ampliação dos estádios nascidades que sediarão a Copa de 2014.
Por incrivel que possa parecer esta busca pela sustentabilidade ambiental vai exigir do país altos investimentos econômicos de curto prazo, mas cujo custo/benefício vai durar por décadas.
Resumidamente, é possível perceber que serão enormes os desafios parao Brasil alcançar os patamares internacionais de efetiva sustentabilidade ambiental, mas as legislações e projetos junto com esforço comum entre a sociedade e todo o governo têm fornecido esperança a realização dos famigerados jogos "Verdes" ou "Orgânicos", cujos efeitos e grau de conscientização beneficiarão o planeta e serão um marco histórico para todo o mundo.
2 COPA VERDE
É grande aeuforia dos brasileiros a espera de uma competição muito importante para o País: a Copa do Mundo de 2014, cuja realização no Brasil requerer avanços significativos na infraestrutura já existente. Modernização, ampliação e construção de estádios e de formas de locomoção urbana, bem como todo o sistema de turismo. No entanto cabe uma reflexão, é também um bom momento para se trabalhar a sustentabilidadeambiental e ecológica nestas áreas.
Para que isso ocorra, é necessário celebrar a união entre o setor público e privado, e que cada um assuma suas responsabilidades. O Estado terá papel fundamental na viabilização das obras, pois boa parte delas será financiada com seus recursos.
Está é, sem dúvida, uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de esforço conjunto entre os governos federal,estaduais e municipais, empresários, clubes de futebol e federações, com foco na construção, recuperação e modernização de rodovias, ferrovias, aeroportos, hotéis, ruas nas cidades e estádios de futebol.
A Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, compõem um fator de estímulo aos investimentos nessas áreas e conferem ao País prestígio e credibilidade no cenáriointernacional.
Por outro lado, não basta cumprir os prazos e executar a grande quantidade de empreendimentos previstos. É importante, também, que essa seja também uma oportunidade de mudança cultural do mercado na direção das construções sustentáveis, essenciais na luta pela salubridade do habitat e contra as mudanças climáticas. É preciso ter sempre em mente a ameaça das mudanças climáticas e que cadasetor produtivo deve fazer o possível para diminuir o risco.
São imensos os benefícios dos chamados empreendimentos verdes quanto à qualidade da vida de seus ocupantes, pureza do ar, luminosidade, temperatura.
É fundamental que haja uma inversão cultural do mercado, no sentido de se perceberem as vantagens e ganhos econômicos proporcionados por um empreendimento verde. No Brasil, construçõesindustriais e comerciais estão mais avançadas no contexto dessa nova concepção arquitetônica. A idéia é que esses empreendimentos tornem-se comum na construção civil. Os ganhos segundo alguns especialistas na área, são muito relevantes: redução de 39% na emissão de dióxido de carbono, 40% do consumo de água potável e até 50% de energia elétrica e 70% dos resíduos sólidos.
Considerando que o Brasil...
tracking img