Copa do mundo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1290 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Seu Pendrive tem Blutufe?
Estorinha bem bolada, mostrando a rapidez da modernidade, difícil, quase impossível, para as madurinhas e madurinhos acompanharem! Não deixem de ler!
Oswaldo tirou o papel do bolso, conferiu a anotação e perguntou à balconista:
­ Moça, vocês têm pendrive?
Temos, sim.
­ O que é pendrive? Pode me esclarecer? Meu filho me pediu para comprar um.
Bom, pendrive é umaparelho em que o senhor salva tudo o que tem no computador.
­ Ah, É como um disquete...
Não. No pendrive o senhor pode salvar textos, imagens e filmes. O disquete, que nem existe mais, só salva texto.
­ Ah, tá bom. Vou querer.
Quantos gigas?
­ Hein?
De quantos gigas o senhor quer o seu pendrive?
­ O que é giga?
É o tamanho do pen.
­ Ah, tá. Eu queria um pequeno, que dê para levar no bolsosem fazer muito volume.
Todos são pequenos, senhor. O tamanho, aí, é a quantidade de coisas que ele pode arquivar.
­ Ah, tá. E quantos tamanhos têm?
> Dois, quatro, oito, dezesseis gigas...
> ­ Hmmmm, meu filho não falou quantos gigas queria.
> Neste caso, o melhor é levar o maior.
> ­ Sim, eu acho que sim. Quanto custa?
> Bem, o preço varia conforme o tamanho. A sua entrada éUSB?
> ­ Como?
> É que para acoplar o pen no computador, tem que ter uma entrada compatível.
> ­ USB não é a potência do ar condicionado?
> Não, aquilo é BTU.
> ­ Ah! É isso mesmo. Confundi as iniciais. Bom, sei lá se a minha entrada é USB.
> USB é assim ó: com dentinhos que se encaixam nos buraquinhos do computador. O outro tipo é este, o P2, mais tradicional, o senhor sótem que enfiar o pino no buraco redondo. O seu computador é novo ou velho? Se for novo é USB, se for velho é P2.
> ­ Acho que o meu tem uns dois anos. O anterior ainda era com disquete. Lembra do disquete? Quadradinho, preto, fácil de carregar, quase não tinha peso. O meu primeiro computador funcionava com aqueles disquetes do tipo bolacha, grandões e quadrados. Era bem mais simples, não acha?Os de hoje nem têm mais entrada para disquete. Ou é CD ou pendrive.
> ­ Que coisa! Bem, não sei o que fazer. Acho melhor perguntar ao meu filho.
> Quem sabe o senhor liga pra ele?
> ­ Bem que eu gostaria, mas meu celular é novo, tem tanta coisa nele que ainda nem aprendi a discar.
> Deixa eu ver. Poxa, um Smarthphone! Este é bom mesmo! Tem Bluetooth, woofle, brufle, trifle, bandalarga, teclado touchpad, câmera fotográfica, flash, filmadora, radio AM/FM, TV digital, dá pra mandar e receber e-mail, torpedo direcional, micro-ondas e conexão wireless....
> ­ Blu... Blu... Blutufe? E micro-ondas? Dá prá cozinhar com ele?
> Não senhor. Assim o senhor me faz rir. É que ele funciona no sub-padrão, por isso é muito mais rápido.
> ­ Pra que serve esse tal de blutufe?> É para um celular comunicar com outro, sem fio.
> ­ Que maravilha! Essa é uma grande novidade! Mas os celulares já não se comunicam com os outros sem usar fio? Nunca precisei fio para ligar para outro celular. Fio em celular, que eu saiba, é apenas para carregar a bateria...
> Não, já vi que o senhor não entende nada, mesmo. Com o Bluetooth o senhor passa os dados do seu celular paraoutro, sem usar fio. Lista de telefones, por exemplo.
> ­ Ah, e antes precisava fio?
> Não, tinha que trocar o chip.
> ­ Hein? Ah, sim, o chip. E hoje não precisa mais chip...
> Precisa, sim, mas o Bluetooth é bem melhor.
> ­ Legal esse negócio do chip. O meu celular tem chip?
> Momentinho... Deixa eu ver... Sim, tem chip.
> ­ E faço o quê, com o chip?
> Se o senhorquiser trocar de operadora, portabilidade, o senhor sabe.
> ­ Sei, sim, portabilidade, não é? Claro que sei. Não ia saber uma coisa dessas, tão simples? Imagino, então que para ligar tudo isso, no meu celular, depois de fazer um curso de dois meses, eu só preciso clicar nuns duzentos botões...
> Nããão! É tudo muito simples, o senhor logo apreende. Quer ligar para o seu filho? Anote aqui...
tracking img