Controles internos no processo de compra na elaboração de um eficiente fluxo de caixa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7356 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO


1. INTRODUÇÃO 4
1.1 Problemática e Justificativa 5
1.2 Objetivos 6
1.2.1 Objetivo Geral 6
1.2.2 Objetivos Específicos 7
1.3 Metodologia 7
1.4 Caracterização da Empresa 9

CAPÍTULO II 12

2. REFERENCIAL TEÓRICO 12
2.1 Conceito de Fluxo de Caixa 12
2.2 Tipos de Fluxo de Caixa 16
2.3 Modelos de Fluxo de Caixa 22
2.4 Objetivos e Benefícios Oferecidospelo Fluxo de Caixa 30
2.5 Fluxo de Caixa para Avaliar Oportunidades 33
2.6 Requisitos para Elaborar um Fluxo de Caixa 34
2.7 Fluxo de Caixa x Orçamento de Caixa 39
2.8 Planejamento e Controle 41
2.9 Controle do Gestor Financeiro – Princípios e Posturas do Administrador Financeiro 43
2.10 Sistema de Controle Interno 44
2.11 Contas a Receber 45
2.12 Contas a Pagar 462.13 Controle Interno no Sistema Financeiro 47
2.14 Controle Interno nas Compras 48

CAPÍTULO III 49

3. RESULTADOS 49
3.1 Análise dos Dados 49

CAPÍTULO IV 54

4. CONCLUSÃO 54

REFERÊNCIAS 56

ANEXOS 57







1. INTRODUÇÃO




As empresas, em geral, necessitam de eficientes controles e procedimentos internos para que seu desempenho seja eficaz e atenda àsnecessidades dos seus gestores. Dentre esses procedimentos tem-se os que afetam direta e indiretamente a área financeira, como o de compras.
Os procedimentos que antecedem a elaboração do fluxo de caixa devem seguir uma padronização elaborada pela organização. As decisões na área financeira devem ser tomadas baseadas nas informações extraídas dessa ferramenta. A organização das rotinas eimplantação de controles internos podem proporcionar informações consistentes que auxiliam na administração da empresa.
No presente trabalho foi realizado um estudo sobre a influência no sistema do setor de compras que atinge o setor de contas a pagar e como conseqüência os desembolsos financeiros. Foram demonstrados os tipos de fluxo de caixa que a empresa pode adotar, sua finalidade, seusobjetivos, o que é preciso para sua elaboração, entre outras. Assim como a aplicação dos controles internos na área de contas a receber e a pagar, a qual sofre conseqüência direta das atividades do setor de compras.
A análise realizada pressupôs da inexatidão das informações previstas pelo fluxo de caixa, causada, na maioria das vezes, por dados repassados de forma incompleta e/ou inadequada.Através disso, a autora optou por demonstrar como essa inexatidão prejudica o empresário e como pode ser amenizada.
Foram levantados os modelos de pedido de compra adotados pela empresa objeto de estudo, seus pontos negativos, suas influências na área financeira e sugeridas melhorias para que o fluxo de caixa demonstre uma situação mais próxima da realidade.
A inexistência de procedimentose controles internos pode levar o profissional envolvido na rotina a desempenhar funções diversas que ultrapassam seus conhecimentos e suas condições, em conseqüência, a consistência e veracidade das informações ficam comprometidas e os relatórios mal elaborados.
Não foi permitida a divulgação do nome da empresa objeto de estudo, que atua no segmento de comércio de eletrodomésticos.1.1 Problemática e Justificativa



Um dos grandes problemas enfrentados pelas empresas atualmente ou um dos que geram maiores preocupações para os administradores, são os relacionados com a gestão financeira. Nessa área, as informações e os controles internos são peças importantes, se não essenciais. Dentre alguns problemas que podem ocorrer nessa área, destacam-se o atraso no repassedas informações e dados inconsistentes os quais podem gerar a imprecisão do fluxo de caixa (contas a pagar e a receber), podendo ocasionar falhas na tomada de decisão.
A falta de um eficiente controle interno faz com que os relatórios sejam emitidos de maneira a não representarem a realidade. A forma de cobrança pode ser ineficaz por falta de controle conciliado com a velocidade das...
tracking img