Controle motricidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1433 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Controle da Motricidade II TRONCO ENCEFÁLICO
Reflexos Controle da postura

VIAS DESCENDENTES que influenciam os núcleos motores da Medula

CEREBRO Córtex Motor TRONCO ENCEFÁLICO Mesencéfalo Ponte Bulbo Cerebelo Núcleos da Base

SISTEMA LATERAL

SISTEMA VENTRO-MEDIAL

Trato rubro-espinhal. Projeção contralateral Controla os músculos distais dos membros, sob o comando de influenciascorticais Trato teto-espinhal. Projeção homolateral Responsável pela orientação reflexa da cabeça e manutenção da focalização visual aos estímulos visuais

Trato vestíbulo-espinhal: responsável pela manutenção da postura equilibrada do corpo (Reflexos vestibulares)

Via Lateral Trato Córtico espinhal e Córtico-nuclear Trato rubro-espinhal Via Ventro Medial Trato Teto espinhal TratoVestíbulo-medial Trato Retículo-espinhal

Trato reticular pontino Via EXCITATÓRIA Motoneurônios homolaterais dos músculos extensores dos membros inferiores e flexores dos membros superiores, estabilizando as articulações. Tonicamente estimulados pelos núcleos vestibulares e pelos núcleos profundos do cerebelo.

Trato retículo-bulbar Via INIBITÓRIA para os mesmos motoneurônios homolaterais controlados pelosistema pontino Causa “liberaçao” da influencia inibitória.

SISTEMA VENTRO-MEDIAL
T. Vestíbulo-espinhal Lateral:ajustes posturais do equilíbrio corporal Medial: ajustes posturais do tronco e da cabeça T. reticulo-espinhal Pontino: ajustes posturais antecipatórios Bulbar: ajustes posturais antecipatórios

SISTEMA LATERAL T. rubro-espinhal Controle coadjuvante da motricidade voluntáriaapendicular
Trato córtico-espinhal lateral Controle da motricidade voluntária apendicular Trato córtico-espinhal medial Controle da motricidade voluntária axial

Trato teto-espinhal Reações de orientação visual e auditiva

Aferentes periféricos

Proprioceptores Nociceptores outros receptores somestésicas

Vias descendentes

Tronco encefálico Cérebro (Córtex Cerebral)

Músculos flexoresMúsculos extensores

Neurônios motores a) Proprioceptores: retroaliemntação sensorial a partir dos músculos que controlam b) Influências descendentes do tronco cerebral e córtex cerebral

Figura 24-4

Fusos musculares: verifica alteração (estiramento) e a taxa de alteração do comprimento muscular (contração muscular) Órgãos tendinosos de Golgi: sinaliza mudanças de tensão muscular;Motoneurônios alfa: ativa as fibras extra-fusais Motoneurônios gama: ativação das fibras intra-fusais (regula a sua sensibilidade)

Co-ativação alfa-gama
Durante o inicio de um movimento (ativação dos motoneurônios alfa) há uma co-ativação gama. Assim, a sensibilidade do fuso é sempre garantida mesmo durante o encurtamento das fibras extra-fusais.

REFLEXOS MEDIADOS PELO TRONCO ENCEFÁLICO

Notronco encefálico estão

a) núcleos que originam tratos descendentes para a medula: Trato rubro-espinhal Trato reticulo-espinhal Trato teto-espinhal Trato vestibulo-espinhal
SISTEMA LATERAL SISTEMA VENTRO-MEDIAL b) núcleos motores somáticos e viscerais especiais:

NÚCLEOS MOTORES DO TRONCO ENCEFÁLICO
MESENCÉFALO
Núcleos do III e IV Áreas integrativas visuais, auditivas e pupilares

PONTENúcleos do V, VI e VII Áreas de integração visceral (mastigação, salivação) expresso facial (movimentos oculares, fixação do olhar, expressão facial) Equilíbrio postural do corpo

BULBO
Núcleos do VIII, IX, X, XI (craniana), XII Áreas de integração visceral ( respiratório, vasomotor, vomito, tosse, movimentos linguais, etc.)

PRINCIPAIS FUNÇÕES DO TRONCO ENCEFÁLICO
- Integração sensorial emotora entre os núcleos sensitivos e motores - Regular a medula - Regular o estado de consciência através da Formação Reticular

NÚCLEOS MOTORES DO TRONCO ENCEFÁLICO

III, IV e VI

V (motor)

VII
IX

III, IV e VI: movimentos oculares V: mastigação VII: expressão facial IX: músculos da laringe e faringe X: músculos da faringe XI: músculos do pescoço XII: movimentos da língua...
tracking img