Controle de morcegos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1345 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
26/10/2011

Características gerais

Controle de morcegos hematófagos

morcego vem do latim e significa “rato cego que voa”; segunda maior ordem de mamíferos (Chiroptera); cerca de mil espécies distribuídas em todo o mundo.

OUTUBRO 2011

"Todos os morcegos têm raiva”
▪ como qualquer outro mamífero, os morcegos podem contrair raiva; entretanto, a presença de vírus nas populações demorcegos tem uma taxa pequena.

Alimentação
Insentívoros Frugívoros Nectarívoros Piscívoros Carnívoros Hematófagos Onívoros

“são cegos” “atacam as pessoas”

Rigoroso controle da população de insetos;

Responsáveis pela polinização de diversas espécies de plantas;

Mais eficientes dispersores de sementes (formação florestas).
Tadarida brasiliensis Molossus molossus

1

26/10/2011Controle das populações de pequenos vertebrados, inclusive de pequenos morcegos.

Distribuição
Cerca de 150 espécies ocorrem no Brasil;

Controle da população de pequenos peixes

Hematófagos restritos à América ; quase todas regiões do mundo, menos nas regiões polares e ilhas muito afastadas

saliva - anticoagulante
▪ medicamentos

3 espécies
Desmodus rotundus

Desmodus rotundusMorfologia:
Envergadura: 30 - 40 cm Comprimento da cabeça – corpo: 7 a 9 cm Peso: 25 a 40 g Cor da pelagem: castanho claro acinzentado ou avermelhado no dorso e castanho mais claro no ventre.

Diaemus youngi

Diphylla ecaudata

3 espécies Desmodus rotundus

Polegar longo Incisivos proeminentes Focinho “achatado” Ante-braço longo

2

26/10/2011

Crespuscular e noturno Versáteis naexploração de alimentos Colônias numerosas com até 300 indivíduos Tempo de vida
hematófagos: média de 20 anos na natureza.

OLFATO
Bem desenvolvido na maioria dos morcegos

comportamento de lamber outros indivíduos de sua espécie
▪ Fêmeas ▪ fêmeas que não colaboram na partilha do alimento são expulsas do grupo.

VISÃO AUDIÇÃO
Enxergam muito bem, tanto à noite quanto de dia; Grande parteenxerga apenas em preto e branco mas algumas espécies de frugívoros enxergam colorido. Sentido mais desenvolvido na maioria dos morcegos Sonar;
▪ Faz parte de um mecanismo chamado eco-localização, usado para se deslocar voando de um ponto a outro.

3

26/10/2011

Sons que variam de 25 a 70 mil vibrações por segundo (o ouvido humano capta até 30 mil vibrações)

MEMÓRIA bastante desenvolvidanesses animais.

Trazem informações sobre tamanho, formato e direção de deslocamento do objeto

exemplo: possam retornar a um local onde sabem que tem alimento. se alimentam nos mesmos animais (hematófagos).

Localizam, em pleno vôo, presas de tamanho reduzido.

agrupamentos de Desmodus rotundus
▪ ▪ ▪ ▪ 20 a 300 indivíduos. estrutura social complexa haréns macho dominante defende um grupode fêmeas (cerca de 12) e seus filhotes.

ABRIGOS NATURAIS
Copas de árvores Folhagens Troncos ocos de árvores Fendas de rochas Cavernas

ABRIGOS ARTIFICIAIS
Forros Porões Telhados Garagens Casas de máquinas (elevadores) Estábulos

período gestacional: 7 meses

um filhote ao ano (podendo nascer gêmeos) expectativa de vida média: 20 anos

4

26/10/2011

"ferradura" no focinho;buscam alimento em uma área de cerca de 5 a 8 Km ao redor de seu abrigo. Em certas regiões, essa distância pode se estender para 15 a 20 Km.

Ingerem uma quantidade elevada de sangue em relação ao seu peso corporal (15 a 20 mg) por refeição.

Período de Atividade Alimentar: do anoitecer até cerca de 1 hora antes do amanhecer. Acessibilidade e escolha da presa:
Geralmente animais de temperamentomais dócil.

Transmissão doenças Raiva
alberga vírus da raiva na glândula salivar antes da manifestação clínica da doença, por períodos maiores que os observados em outras espécies

Aproximação presas:
Desmodus pousam no corpo do animal ou no solo, próximo do mesmo.

Surtos de Raiva nos Municípios de Portel e Viseu no Estado do Pará

Transmissão doenças
Entre março e maio de 2004, o...
tracking img