Conto.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7162 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NORA




O elevador parou no vigésimo quinto andar. A porta, então, se abriu lentamente, Armando deu um passo a frente e conferiu o relógio, faltava meia hora para o início de uma importante reunião. Ele cumprimentou a secretária, entrou em sua sala e ligou o lap top. Notou, pelo silêncio imperioso, que os demais membros do escritório estavam a postos e aguardavam as suas ordens.
The bigboss poderia convocá-los, no entanto, preferia a solidão nos momentos que antecediam a encontros de “tamanha expressão”. O homem de cincoenta e quatro anos de idade e sócio majoritário de um renomado escritório de advocacia abriu o jornal e passou, mais uma vez, os olhos pela manchete: “Brasil recebe corporação européia pioneira na produção de satélites”.
A importante matéria, nos principaisjornais, destacava que o Brasil fora o escolhido, entre os demais países das Américas, para sediar um dos segmentos da corporação. Na verdade significava mais: a atenção de todo o mundo se voltava para o Brasil porque um novo satélite seria criado em terras tupiniquins, o que incluía a testagem de uma revolucionária tecnologia.
Era, exatamente, com o manda-chuva desse empreendimento e sua comitivaque Armando estaria frente a frente em poucos minutos.
E o seu escritório almejava essa conta.
Ele tomou um café forte, guardou o jornal, repassou as anotações que fez no computador e chamou a sua equipe. Com eles, o que repassou rapidamente foi a estrutura da reunião e, minutos depois, quando o som do elevador indicava a chegada da ilustre comitiva, seus homens, confortavelmente instalados nasofisticada sala, demonstravam uma auto-confiança sólida, esfriada no aço.
Armando não se intimidou, era um experiente homem de negócios; os demais integrantes, sintonizados, o acompanharam e o sucesso foi estrondoso: exposição impecável, argumentação precisa, respostas inteligentes, proposta inovadora. Cinco horas depois e o desfecho indicava que a resposta viria no dia seguinte, oficializando oque informalmente sabiam: seriam os representantes da corporação européia nas Américas.
O poderoso advogado tributarista e seus colaboradores, efusivos, saíram para jantar, dispensando os demais compromissos. No restaurante japonês que costumavam freqüentar, The Big Boss, enquanto ouvia os comentários da histórica reunião, sentia que o orgulho do império que construíra invadia sua alma: possuíaum nome, uma carreira e um patrimônio invejáveis.
Armando, junto com o amigo e sócio conseguira reunir, em sua área, os mais talentosos profissionais das Américas, formando uma corporação competitiva e de renome internacional, rivalizando com escritórios americanos. Na memorável noite, constatava que chegara ao topo: nada havia para além das fronteiras demarcadas pelo Salles & Brito S.A.
Elecomeu pouco, como fazia ultimamente. O intuito era confraternizar, acariciar “a prole” com o olhar de patriarca vitorioso e também se despedir. Iniciar a outra estrada, repetia, de vez em quando, em pensamento. O único telefonema que deu foi para Letícia, marcando um almoço para o dia seguinte; com ela, poderia falar sobre as suas intenções e sobre a sensação de adeus que emanava dos seus gestos.Ele foi para casa, acionou o som ambiente e notou que uma de suas filhas, a que morava na Espanha, enviara o convite do aniversário do seu neto, de cinco anos. Armando tomou vinho enquanto relembrava dos acontecimentos reparando que a cidade parecia surpresa com a antecipação do inverno (um vento gelado sacudia as árvores do jardim).

- O primeiro corte

“Meus parabéns”, ela disse enquantocolocava a bolsa noutra cadeira. “Mas a minha intuição me diz que você tem algo a mais para contar”. Armando sorriu, a amiga não perdia o talento de antecipar o que aconteceria com ele. Enquanto a observava, repassou a história dos dois: Letícia fora, durante dez anos, sua psicoterapeuta e depois que finalizaram o tratamento, passaram a se “esbarrar” nas mais improváveis situações sociais até...
tracking img