Contexto historico " triunfo da vontade"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1092 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O documentário “Triunfo da Vontade” é um filme financiado pelo partido nazista sobre o 4º Congresso do Partido Nacional Socialista Alemão, dirigido por Leni Riefenstahl.
A diretora alemã, Helena Amália Bertha Riefenstahl, nasceu no dia 22 de agosto de 1902 em Berlim. Durante sua vida desenvolveu diversas atividades artísticas profissionais, foi bailarina, atriz, cineasta e fotógrafa, econseguiu destaque em todas essas áreas. Com o diretor Arnold Fanck, atuou em alguns filmes como “A Montanha Sagrada” (Der heilige Berg, 1926) e “White Hell of Pitz Palu” (Die wiebe Holle vom Piz Palu, 1929), e com ele aprendeu técnicas de iluminação e filmagem, adquirindo assim, experiência para realizar seus próprios filmes.
Graças ao sucesso do seu primeiro filme “A Luz Azul” (Das Blaue Licht,1932), no ano de 1933 foi convidada por Adolf Hitler para produzir um documentário sobre o congresso do Partido Nazista, em Nuremberg. Daí nasceu “Triunfo da Vontade” de 1934.
O filme foi uma grande produção na época, sendo que pode se dizer que o próprio Congresso foi encenado para produção do filme. Contando com uma equipe de mais de 170 pessoas, o filme foi rodado em uma semana, obtendo mais decinqüenta horas de material, incluindo diversos ângulos sofisticados e muito inovadores para a época, como filmagens aéreas e vários movimentos de câmera. A edição foi realizada integralmente por Leni e durou cerca de cinco meses para ser concluída. O filme, no entanto foi criticado pelos oficiais nazistas que o julgaram ser artístico demais, porém obteve um feedback positivo pelo líder do partido,o próprio Adolf Hitler, que lhe rendeu o National Film Prize.
O documentário é uma peça importante na caracterização dos ideais alemães da época. Com o uso da linguagem cinematográfica, Leni retrata o ideal da raça ariana, uma Alemanha saudável, jovem, forte, guiada por um líder carismático e salvador, uma espécie de “messias” que veio para salvar a Alemanha da situação em que se encontrava.Ao final da Primeira Guerra Mundial, a Alemanha, derrotada, sofreu inúmeras restrições e humilhações impostas pelo tratado de Versalhes de 1919. A situação do país ficava cada dia pior, já que além das perdas sofridas com a guerra em si, o país teve seu território reduzido e sua economia debilitada pelos países vencedores. Durante a retomada do desenvolvimento industrial, o país ainda sofria com oelevado índice de desemprego e altas taxas de inflação. Determinados setores do operariado alemão, entusiasmados com o exemplo da Revolução Russa, protestavam contra a exploração capitalista imposta ao país.
Em janeiro de 1919, importantes líderes comunistas, como Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht, promoveram a insurreição do proletariado alemão contra o regime capitalista. No entanto, um grupode oficiais, social-democratas, assassinou os líderes comunistas. No mesmo ano foi realizada a eleição para a Assembléia Constituinte, com a vitória do partido social-democrata, que instituiu a Republica de Weimar. A Constituição foi elaborada e aprovada, deixando uma cláusula que proporcionou aos nazistas a chegada ao poder. Segundo ela, o Parlamento poderia vir a ser dissolvido pelo presidente,que escolheria um novo chanceler. Mas, de qualquer maneira, a eleição para o Parlamento foi marcada por um caráter democrático, sendo o sufrágio universal feminino e masculino, a partir de 20 anos de idade.
A República de Weimar, a social democracia, tinha a difícil e trabalhosa missão de reconstruir a Alemanha após tantos impactos negativos e colocá-la no molde capitalista de desenvolvimento.Todavia, isso não foi possível, as crises somente aumentavam no país.
Com a Crise de 1929, o país sofreu muito, pois ainda estava debilitado devido à derrota da guerra. Essa crise mundial provocou um colapso na economia alemã, possibilitando a ascensão do um regime totalitário: o nazismo.
A alta burguesia pressionou o presidente a convidar Hitler para o cargo de chanceler, assumido em 30 de...
tracking img