Contagem de bacterias laticas em alimentos funcionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2144 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ – UNOCHAPECÓ
ÁREA DE CIÊNCIAS EXATAS E AMBIENTAIS

CONTAGEM DE BACTÉRIAS LÁCTICAS EM ALIMENTOS FUNCIONAIS

ALAN BENEDETTI
MARICLEI KLEIN

Chapecó – SC, 2012
ALAN BENEDETTI
MARICLEI KLEIN

CONTAGEM DE BACTÉRIAS LÁCTICAS EM ALIMENTOS FUNCIONAIS

Relatório referente a contagem de bactérias lácticas em alimentos funcionais, apresentado aUnochapecó como parte dos requisitos para obtenção da nota de G1 de Microbiologia de Alimentos.
Professor: Raquel Zeni Ternus

Chapecó – SC, Dez. 2012
SUMÁRIO

RESUMO
1. INTRODUÇÃO 1
2. OBJETIVOS2
3. REVISÃO BIBLIOGRAFICA 3
4. MATERIAL E MÉTODOS 4
5. RESULTADOS5
6. DISCUSSÃO 12
7. CONCLUSÃO 13
8. REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS 14

RESUMO
O objetivo destetrabalho foi avaliar a veracidade da quantidade de bactérias lácticas em bebidas lácteas fermentadas rotuladas como alimentos funcionais.
Foi coletada uma amostra de bebida láctea comercializada, e feito 9 diluições e analisadas as 3 ultimas para posterior contagem.
A bebida láctea fermentada se apresentou dentro dos padrões estipulados pela ANVISA quanto á quantidade de bactérias.
Acontagem de bactérias láticas foi maior que 108 UFC/mL na análise, apresentando-se dentro dos padrões estabelecidos pela
ANVISA para alimentos funcionais.

1. INTRODUÇÃO
De acordo com a ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária - propriedade funcional é aquela relativa ao papel metabólico ou fisiológico que o nutriente ou não nutriente tem no crescimento, desenvolvimento, manutenção eoutras funções normais do organismo humano, já os alimentos probióticos são aqueles que apresentam bactérias vantajosas ao organismo, como as encontradas em iogurtes e leite fermentado. Entre os exemplos mais comuns, a especialista Fabiana Borrego cita os microorganismos chamados Lactobacillus, Streptococcus e Bifidobactérias (BORREGO, 2008).
A preocupação com a melhora da qualidade de vida dapopulação, mais especificamente, a saúde, tem evidenciado os alimentos chamados funcionais. Paralelamente a isto, a indústria de laticínios está se adaptando à tendência para os produtos funcionais em um mercado competitivo e exigente (BRANDÃO, 2002; NIELSEN, 1997).
Os alimentos funcionais além de proporcionarem funções de energia, nutricionais, formação de células e tecidos, a partir de seussubstratos, trazem substâncias que atuam melhorando os processos metabólicos e contribuindo para os efeitos benéficos à saúde (PARK; KOO; CARVALHO, 1997; SGARBIERI; PACHECO, 1999).
Fabiana conta que, atualmente, as bactérias benéficas ao organismo são encontradas apenas nos leites fermentados, iogurtes e queijos. Porém, atenta ao sucesso à saúde proporcionado por esses microorganismos, a indústriaalimentícia brasileira pretende aumentar a oferta, desenvolvendo sucos e outros alimentos ricos em bactérias.
Os probióticos devem estar vivos quando ingeridos e devem resistir ao processo de digestão. O maior desafio é a sobrevivência desses micro-organismos à ação do ácido do estômago, enzimas digestivas e sais biliares, já que precisam passar por esses obstáculos para chegar ao local de ação dos...
tracking img