Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3568 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Contabilidade I

Características da informação contabilística

Destinatários da informação contabilística:
• Investidores
• Financiadores
• Trabalhadores
• Fornecedores e outros credores
• Administração pública
• Público em Geral

Características:
A qualidade essencial da informação proporcionada pelas demonstrações financeiras é a de que seja compreensívelaos utentes, sendo a sua utilidade determinada pelas seguintes características:
• Relevância
• Fiabilidade
• Comparabilidade

Relevância:
A relevância é entendida como a qualidade que a informação tem de influenciar as decisões dos seus utentes, ao ajudá-los a avaliar os acontecimentos passados, presentes e futuros ou a confirmar ou corrigir as suas avaliações.

Fiabilidade:
Afiabilidade é a qualidade que a informação tem de estar liberta de erros materiais e de juízos prévios, ao mostrar apropriadamente o que tem por finalidade apresentar ou se espera que razoavelmente represente, podendo, por conseguinte, dela depender os utentes. Para que isto aconteça é necessário que as operações e acontecimentos sejam apresentados de acordo com a sua substância e realidadeeconómica e não meramente com a sua forma legal, e para que seja fiável deve também e sobretudo ser neutra, ou seja, estar ausente de preconceitos.

Comparabilidade:
A divulgação e a quantificação dos efeitos financeiros da operação e de outros acontecimentos devem ser registados de forma consistente pela empresa e durante a sua vida, para identificarem tendências na sua posição financeira e nosresultados das suas operações.

Normas:
• Princípios contabilísticos
• Critério da valorimetria
• Directrizes contabilísticas
• NIC – normas internacionais de contabilidade

Princípios contabilísticos

Há 7 princípios contabilísticos:
1. Da continuidade
2. Da consistência
3. Da especialização
4. Do custo histórico
5. Da prudência
6. Da substância sobre aforma
7. Da materialidade

Princípio da continuidade:
Considera-se que a empresa opera continuamente, com duração ilimitada. Desta forma entende-se que a empresa não têm intenção nem necessidade de entrar em liquidação ou de reduzir significativamente o volume das operações.

Principio da consistência:
Segundo este princípio, considera-se que a empresa não altera as suas políticascontabilísticas de um exercício para o outro. Se o fizer e a alteração tiver efeitos materiais relevantes, esta deve ser referida em Anexo.

Princípio da especialização:
Á luz destes princípios, os proveitos e os custos são reconhecidos quando obtidos ou incorridos, independentemente do seu recebimento ou pagamento, devendo incluir-se nas demonstrações financeiras dos períodos a que respeitam.Principio do custo histórico:
De acordo com este princípio, os registos contabilísticos devem basear-se em custos de aquisição ou de produção, quer a custo nominal, quer a custo constante.


Princípio da prudência:
Atendendo a este princípio, dever-se-á integrar nas contas um grau de precaução a fazer as estimativas exigidas, em condições de incerteza, sem, contudo, permitir a criação dereservas ocultas em provisões excessivas ou a deliberada quantificação dos activos e proveitos por defeito ou de passivos e custos por excesso.

Principio da substância sobre a forma:
As operações devem ser contabilizadas atendendo à sua substância e à realidade financeira e não apenas à sua forma legal.

Princípio da materialidade:
Segundo este princípio, as demonstrações financeiras devemevidenciar todos os elementos que sejam relevantes e que possam afectar avaliações ou decisões pelos utentes interessados.

Contabilidade
Contabilidade financeira – contabilidade que regista:
- As operações externas da empresa
- Regista operações já realizadas

Contabilidade analítica- Contabilidade interna:
- produto
-loja
-centro de custos

Contabilidade orçamental- Realiza:
-...
tracking img