Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2285 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP

Cursos de Administração / Ciências Contábeis

Disciplina: Teorias da Administração

PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

Professora tutora a distancia: Prof.ª: Monica Satolani

JUNDIAÍ
2012


Sumário

Introdução .................................................................................. 1
Etapa 1 - Surgimento das Teorias.............................................. 2
Etapa 2 - Importância das Teorias da Administração.................. 4
Etapa 3 - Evolução Natural das Teorias da Administração .......... 6
Etapa 4 - Dinamismo Empresarial ................................................ 9
Considerações Finais ................................................................... 10
Referencias Bibliográficas............................................................ 11



Introdução

Teoria da Administração é tudo que aprendemos e continuamos a aprender, o que assimilamos no exercício do trabalho, o que aprendemos com as leituras e também com a observação da experiência e informações obtidas ao longo de toda a pesquisa.
Existem diferentes tiposde teoria entre elas
* A teoria clássica que foi a primeira a ser descoberta por Fayol, onde defendia a visão anatômica da empresa (uma organização formal, onde constitui os gerentes).
* A teoria da burocracia visa à racionalidade e eficiência de uma organização
* A teoria estruturalista visa o sistema fechado, onde as máquinas fazem parte de uma organização.
Nosso trabalho tem porobjetivo abordar a Teoria da Administração através das pessoas que realizam seus trabalhos para obterem êxito em suas negociações.
Com essa teoria aprendemos as ferramentas que fazem parte no nosso dia a dia, como o processo das organizações, sabe também que essa teoria só é possível administrar com a informação e a interação das pessoas e das empresas.

Etapa 01
Leo Hubermam visa àadministração como desigualdades sociais e existia a concentração econômica, considerava que a história europeia era uma visão critica pautada no materialismo dialético, observando a evolução do homem e sua riqueza ao longo da história, havia desigualdades sociais e existiam as concentrações econômicas.
Naquela época existia o feudalismo, os senhores da terra. Cada propriedade feudal tinha um senhor.
Nãoexistiam termos de igualdade entre senhor e servo.
A igreja era quem mandava, tinha que contribuir com o dízimo senão era considerado pecado.
Os mercados locais semanais eram pequenos, negociavam com os produtos locais, em sua maioria agrícola. As feiras ao contrário eram imensas, negociando mercadorias por atacado.
A indústria mudou, inovando-se a cada ano.
Frederick Taylor foi a primeira pessoana historia a fazer tentativas sistemáticas de melhorar tanto a produtividade com qualidade de vida no trabalho nas fábricas.
Foi ele quem ajudou os trabalhadores que eram demitidos naquela época, a ingressarem em uma nova fábrica, fazendo assim acontecer a administração. Já para Peter Drucker as premissas são mais importantes que os paradigmas.
Até a decada de 30, a administração não passavade uma subdivisão da adm. Geral. Uma estrutura organizacional é adequada para determinadas tarefas em determinadas condições em determinadas épocas.
A premissa inicial correta hoje é que as tecnologias exercem o maior impacto em uma empresa e sua industria.
Antigamente as empresas competiam dentro de um mesmo setor, hoje são setores que competem com os setores.
O centro da sociedade moderna é ainstituição administrada. E a administração é a ferramenta específica para tornar as instituições capazes de gerar resultados. A instituição não existe para interagir com a sociedade e sim para produzir resultados e modificá-la.
Conforme o texto de Jéssica L. N. Caetano, ela nos mostra as organizações mecanicistas que eram as organizações de antigamente, possuíam seus patrões que mandavam e...
tracking img